Rogério Ceni não vai ficar no Flamengo e São Paulo se anima com treinador

Ex-treinador do Osasco Audax, Fernando Diniz viveu poucos momentos de tranquilidade no comando do São Paulo, interrompidos por vexames

0
rogerio ceni flamengo são paulo
Divulgação

O comentarista Carlos Cereto, do SporTV, declarou nesta terça-feira (26) que já é dado como certo no Flamengo que Rogério Ceni não continuará como técnico do clube para a próxima temporada e a diretoria do São Paulo se anima com a possibilidade de trazer o ídolo novamente para o comando do time. “A diretoria do São Paulo já sabe que Rogério Ceni não fica no Flamengo na próxima temporada”, declarou Certo.

publicidade

O técnico chegou ao Flamengo em novembro com a expectativa de levar a títulos o elenco que é considerado o mais forte do país e até das Américas. Mas no comando do Mengão acumula frustrações, com eliminações na Copa do Brasil e Libertadores, sem conseguir liderar o Brasileirão e com escalações e substituições contestadas por torcedores e comentaristas.

publicidade

Já Tricolor vive momento de queda brusca sob o comando do quase sempre contestado Fernando Diniz. O time chegou a ter 7 pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro sobre o segundo colocado, mas acumula vexames nas últimas rodadas e hoje está a quatro pontos do líder Internacional.

Nos bastidores, circulam informações de que Fernando Diniz só não foi demitido do comando do São Paulo ainda por falta de opções que agradem a diretoria do Tricolor disponíveis no mercado.

publicidade
fernando diniz são paulo
Fernando Diniz teve poucos momentos de tranquilidade no comando do Tricolor e acumulou vexames

Ex-treinador do Osasco Audax, Fernando Diniz viveu poucos momentos de tranquilidade no São Paulo, interrompidos por vexames que o levaram de volta à rotina de críticas e pressão, como a vexatória eliminação para o Mirassol no Campeonato Paulista e a maior goleada sofrida pelo clube no Morumbi, os 5 x 1 que fizeram o Internacional tomar, com autoridade, a liderança do Tricolor no Brasileirão.

Comentários