Carapicuíba cumpre critérios necessários para permanecer na fase amarela, diz prefeito

0
carapicuíba
Foto: reprodução

No início da noite desta segunda-feira (10), o prefeito de Carapicuíba, Marcos Neves (PSDB), defendeu a permanência do município na fase amarela do Plano São Paulo. Ele solicitou a reclassificação da cidade ao governo do estado, que rebaixou Carapicuíba, Osasco, Barueri e região para a fase anterior, a laranja.

publicidade

“A Prefeitura analisou os dados da nossa cidade e concluiu que o município cumpre todos os critérios necessários para permanecer na fase amarela. Por isso, solicitamos a reclassificação de Carapicuíba. É importante ressaltar que nosso município possui 80% dos respiradores livres no Hospital São Camilo”, disse o prefeito, em transmissão ao vivo via Facebook.

Na região, as Prefeituras de Osasco e de Itapevi entraram na Justiça para não regredirem no plano de reabertura gradual. Já o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), protestou contra a determinação do governo estadual e anunciou que não vai cumpri-la.

publicidade

Na fase amarela do plano de retomada econômica, na qual Carapicuíba e região estavam estavam inseridas, o comércio em geral têm a liberação para funcionar com 40% da capacidade de público, por até seis horas por dia. Academias, salões de beleza podem abrir, assim como pode haver consumo no local nos bares e restaurantes, todos com limitações.

Já a fase laranja, para a qual o governo de João Doria (PSDB) determinou que os municípios da região retornem, permite funcionamento com 20% da capacidade de público em escritórios em geral, imobiliárias, comércio de rua, shoppings e concessionárias. A abertura é restrita a quatro horas diárias, todos os dias, ou seis horas durante quatro dias e fechamento por três. Academias e salões de beleza não podem abrir, assim como não pode haver consumo no local em bares e restaurantes.

publicidade

“Há pouco mais de 20 dias, os trabalhadores tiveram a oportunidade de reabrir e não podemos penalizá-los agora por isso”, defendeu Marcos Neves.

“Será que estamos sendo penalizados por estar testando mais pessoas?”, questiona prefeito

Durante a live, Marcos Neves anunciou que já publicou o decreto sobre o retorno da cidade à fase laranja, mas questionou a decisão o governo do estado: “Será que estamos sendo penalizados por estar testando mais pessoas?”.

O prefeito de Carapicuíba justificou o aumento de casos com confirmação de covid-19 no município com a testagem em massa, que já alcançou 30 mil munícipes, por meio do aplicativo Dados do Bem. “O caso de Carapicuíba é específico porque o número de casos aumentou, justamente porque estamos testando mais pessoas”, completou.

Até esta segunda-feira (10), Carapicuíba registra 5.525 casos e 235 mortes com confirmação do novo coronavírus, de acordo com dados da Prefeitura. A cidade tem 4.915 pessoas recuperadas da doença.

Comentários