Comércio de Jandira também será proibido de funcionar devido ao coronavírus

0
Jandira determina fechamento do comércio
A medida vale por 30 dias e pode ser prorrogada / foto: PMI

O prefeito de Jandira, Paulo Barufi, assinou, nesta sexta-feira (20), decreto que suspende o funcionamento do comércio não essencial para atendimento presencial, a partir de quarta-feira (25), no município. A medida é mais uma das ações de combate à disseminação do novo coronavírus (covid-19).

Com o decreto 4.208/2020, Jandira é a quarta cidade na região a determinar o fechamento dos comércios, depois de Osasco, Cotia e Itapevi.

Em Jandira, a medida vale por 30 dias, podendo ser prorrogada. Fica autorizada apenas a manutenção dos serviços administrativos e a realização de vendas por meio de aplicativos, internet ou instrumentos similares.

Publicidade

Somente os estabelecimentos comerciais essenciais, como farmácias, supermercados, mercados, feiras livres, açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, quitandas e centros de abastecimento de alimentos, lojas de conveniência, lojas de venda de alimentação para animais, distribuidores de gás, lojas de venda de água mineral, padarias, restaurantes e lanchonetes e postos de combustível.

A Prefeitura determina ainda que os estabelecimentos listados devem intensificar as ações de limpeza, disponibilizar álcool em gel aos seus clientes, divulgar informações acerca do novo coronavírus (covid-19) e das medidas de prevenção e, nos casos de restaurantes e lanchonetes, manter espaçamento mínimo de um metro entre as mesas.

Outras ações contra o coronavírus em Jandira

Ainda nesta semana, a Prefeitura ampliou as medidas de combate ao coronavírus em toda a cidade. O Centro de Combate ao Coronavírus está sendo montado no recém reformado prédio do Centro de Reabilitação Humana, o CRH.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e as Unidades Básicas de Saúde (UBS) estão atendendo os casos suspeitos até que a reforma do CRH seja concluída.

Desde quinta-feira (19) às aulas na rede municipal de ensino estão suspensas, assim como as atividades no Centro de Convivência do Idoso, no CRJ, Cursinho Popular e UAB.

Os eventos já agendados, Paixão de Cristo e de 1º de maio, foram suspensos a fim de evitar aglomerações. A Área de Lazer do Trabalhador, a Cidade de Criança e o Parque Ecológico estarão fechados a partir desta semana.

As férias de médicos, enfermeiros e demais profissionais que atuam na rede municipal de saúde foram suspensas até o dia 15 de maio.

Já as repartições municipais estarão fechadas para atendimento ao público a partir de segunda-feira (23). Alguns serviços podem ser realizados através dos canais de contato da Prefeitura.

Comentários