Conheça 3 exercícios que ajudam a reduzir efeitos colaterais da incontinência urinária

0
incontinência urinária
Pixabay

A incontinência urinária é uma condição que pode acometer qualquer indivíduo em diversas faixas etárias. A bacharel em educação física e instrutora de pilates, Priscilla Rabello, explica que usar a atividade física como aliada é uma das formas mais simples de lidar com a condição.

publicidade

“A prática regular de exercícios ajuda na autonomia e melhora a autoestima e a autoconfiança. Existem diversos exercícios que podem auxiliar, inclusive os específicos para o fortalecimento da musculatura pélvica. Com a prática, ao decorrer do tempo, eles farão com que seja mais fácil controlar o fluxo da urina, evitando assim perdas repentinas e involuntárias”, explica Rabello.

Conheça a série de exercícios desenvolvida pela educadora física em parceria com a Bigfral Moviment:

publicidade

1. Sente-se com a postura centralizada e abdômen contraído, coloque um travesseiro, almofada ou toalha enrolada entre os joelhos e palma das mãos apoiadas sobre as pernas. Inspire e expire contraindo o abdômen e o travesseiro entre os joelhos, usando os músculos como se interrompesse o fluxo urinário. Faça duas séries de 10 repetições.

2. Deite-se no chão, joelhos flexionados, pernas e pés alinhados ao quadril, relaxe o pescoço e os ombros, inspire elevando a pelve, desça expirando e comprimindo o abdômen. Faça duas séries de 15 repetições.

publicidade

3. Deite-se no chão e inspire e expire tentando encostar a lombar no chão. Use os músculos que você usa para interromper o fluxo urinário. Faça duas séries de 15 repetições.

exercício incontinência urinária
Reprodução

A instrutora explica ainda que o ideal é realizar os exercícios deitado no chão, podendo colocar um tapete ou toalha para não ficar desconfortável.

41% das pessoas entre 35 e 54 anos sofrem com incontinência urinária, diz estudo

Apesar de ser comumente relacionada à terceira idade, a incontinência urinária é uma condição que pode acometer qualquer indivíduo. De acordo com um estudo da Bigfral Moviment, encomendado para o IPEC (Inteligência e Pesquisa e Consultoria), os mais atingidos são homens e mulheres com idades entre 35 e 54 anos (41%).
O segundo lugar nessa lista é ocupado pela faixa etária de 25 a 34 anos, com 25%. Os idosos ocupam o último lugar nesse ranking, sendo que 14% das pessoas com idade superior a 55 anos.

Além da prática de exercícios para a região, a Bigfral Moviment destaca a importância do auxílio médico para o diagnóstico e cuidado adequado. Isso porque muitas pessoas acabam usando produtos, como protetores para uso diários ou absorventes comuns, que não são desenvolvidos com o fim de contenção do fluxo de urina e que, a longo prazo, podem ser responsáveis por efeitos colaterais como a dermatite, alergias, vazamentos, entre outros.

Para atender a demanda das pessoas com essa condição, a Bigfral Moviment, desenvolveu produtos específicos como absorventes e roupas íntimas descartáveis, que são adequados para diferentes níveis de incontinência urinária e atende tanto homens como mulheres de diferentes idades. Todas as opções da marca podem ser encontradas em farmácias, supermercados e no site da Bigfral.

 

Comentários