Família prepara ação de Dia das Crianças em homenagem a Kleber Donizete, morto em Itapevi

0
dia das crianças kleber donizete itapevi
Fotos: Reprodução/Redes Sociais

Os familiares e amigos de Kleber Donizete de Oliveira, que foi brutalmente assassinado em maio, em Itapevi, se preparam para realizar uma ação solidária em 12 de outubro, Dia das Crianças. Com a iniciativa, eles pretendem dar continuidade aos projetos sociais que o rapaz gostava de fazer na comunidade.

publicidade

Cibele Alessandra, irmã de Kleber, disse ao Visão Oeste que pretende realizar uma grande festa para as crianças do bairro Suburbano, onde a família mora, a partir das 12h. “A gente quer fazer da mesma forma que ele sonhava. Vamos fechar a rua, colocar brinquedos, entregar guloseimas, pão com salsicha, refrigerante e fazer pintura facial nas crianças que moram aqui na região”, explica.

Cibele afirma que o irmão sempre fez iniciativas como esta e que 2020 foi o único ano em que a ação não aconteceu devido à pandemia de covid-19. Mesmo após perder o irmão de forma trágica, em um crime que chocou a região e gerou uma onda de mobilização por justiça em Itapevi, Cibele e a família buscam forças para tocar o projeto, que era um dos maiores sonhos de Kleber Donizete.

publicidade

“Decidimos continuar com esse projeto porque era um sonho do Kleber. Ele tinha essa qualidade de ajudar as pessoas, sabe? Sem querer nada em troca, principalmente as crianças. Ele fazia tudo para ver o sorriso das crianças e a gente via alegria nelas”, relembra. “A vida dele foi interrompida, mas nós queremos dar continuidade ao legado que o Kleber nos deixou”, completa.

kleber donizete itapevi dia das crianças
Última ação realizada pelo morador de Itapevi, morto em maio / Foto: Arquivo Pessoal

A moradora de Itapevi destaca ainda outro motivo que fez com que ela, a mãe, dona Lúcia Helena, e os amigos abraçassem a causa: “Muitos enfrentam necessidades na periferia, principalmente com a pandemia, e talvez não tenham recursos para comprar um presente para o filho porque realmente está difícil. Então, a gente sabe que para uma mãe ou pai que moram nas comunidades, ver o sorriso de uma criança sem ter que pagar, é gratificante”.

publicidade

Como contribuir:

Uma rede de solidariedade tem se formado para fazer com que o projeto aconteça. Cibele conta que tem recebido ajuda de amigos, com arrecadação de doces brinquedos e até dinheiro em espécie para a locação dos brinquedos. “Tem pessoas que ficam sabendo do projeto nas redes sociais e entram em contato para doar R$ 5, R$ 10 e isso tem feito a diferença. Tem sido uma mobilização muito bonita e quando é de verdade, quando é por amor ao próximo, as coisas realmente acontecem”, afirma.

Até o momento, a família de Kleber conseguiu alguns doces, carrinho de pipoca e de algodão doce. Quem quiser contribuir com doações de brinquedos, guloseimas ou qualquer item para a ação pode entrar em contato por meio do WhatsApp (11) 94819-8359, onde também podem ser obtidas mais informações. Doações também podem ser feitas via Pix (cibelegiovanna0311@gmail.com).

NOITE DE TERROR// Após arrastão, ex-presidiário invade casa e faz menina refém em Osasco

Comentários