“Justiça passando pano pra homem branco e rico!”, diz candidata a prefeita de Osasco sobre “estupro culposo”

1
estupro culposo
Mariana Ferrer acusa o empresário André de Camargo Aranha de tê-la estuprado

A candidata a prefeita de Osasco Simony dos Anjos (PSOL) criticou a inédita decisão da Justiça que absolveu um homem por “estupro culposo (sem intenção)”. “A Justiça mais uma vez passando pano pra homem branco e rico!!!”, comentou ela nas redes sociais.

publicidade

Simony dos Anjos recomendou aos seguidores que assinem um abaixo-assinado contra a decisão judicial. Nas redes sociais, há milhares de críticas ao caso.

publicidade

Acusado de estuprar a influencer Mariana Ferrer, de 23 anos, durante uma festa, em 2018, em Florianópolis, o empresário André de Camargo Aranha foi inocentado pela Justiça sob alegação de “estupro culposo”, um crime não previsto na legislação brasileira. Como ninguém pode ser condenado por um crime que não existe, Aranha foi absolvido.

O The Intercept Brasil revelou que, segundo o promotor responsável pelo caso, não havia como o empresário saber, durante o ato sexual, que a jovem não estava em condições de consentir a relação, não existindo portanto “intenção” de estuprar.

publicidade

Leia também: Ana Maria Braga e famosos lamentam a morte de Tom Veiga: “Dia de finados. E nós estamos de luto”

Comentários