Mercado Livre é autorizado pelo Banco Central para atuar como instituição financeira

0
Mercado Livre
Divulgação

O Mercado Livre, sediado em Osasco, anunciou, nesta segunda-feira (9), que recebeu a autorização do Banco Central para operar como uma instituição financeira. Com a decisão, a empresa ganha maior autonomia para criar produtos e serviços financeiros e de crédito, por meio do Mercado de Crédito, sua fintech de pagamentos.

publicidade

“A licença de instituição financeira permitirá reforçar o foco da companhia em expandir as operações de crédito dentro de seu ecossistema. Desde o início da oferta, em 2017, o grupo já concedeu mais de R$ 4 bilhões em créditos no Brasil, em um total de mais de 10 milhões de transações. Essas operações alcançaram principalmente consumidores e empreendedores sem acesso ao crédito no sistema financeiro tradicional”, explica Tulio Oliveira, vice-presidente do Mercado Pago, em nota.

A licença para atuar como instituição financeira permitirá ainda ao Mercado Pago acessar diferentes fontes de financiamento, que devem completar a estratégia de financiamentos da empresa.

publicidade

“Ter um rol de instrumentos de financiamento mais completo beneficiará de forma estrutural toda a área de fintech e trará maior solidez, além de resiliência para o negócio”, destaca Pedro de Paula, diretor do Mercado Crédito no Brasil.

O Mercado Crédito já foi lançado no Brasil com serviços de crédito para pessoas físicas e Micro, Pequenas e Médias Empresas que vendem no Mercado Livre ou que processem pagamentos com o Mercado Pago.

publicidade

Esta é mais uma das novidades da empresa, que também anunciou recentemente a aquisição de uma frota própria de aviões: a Meli Air, que já estará preparada para atuar nesta Black Friday.

Comentários