Início Cidades Barueri “Shopping trem”: queixas sobre ambulantes na CPTM aumentam 336%

“Shopping trem”: queixas sobre ambulantes na CPTM aumentam 336%

2
Foto: reprodução/"Shopping Trem: Um Olhar Sobre os Marreteiros"

Um dos reflexos da crise econômica do país, as queixas sobre comércio irregular de mercadorias nos trens da CPTM aumentaram 336% entre 2014 e 2017, de acordo com dados obtidos pela GloboNews via Lei de Acesso à Informação (LAI) junto à Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos.

publicidade

O balanço foi feito a partir de 2014 porque naquele ano surgiram os primeiros sinais da recente recessão na economia brasileira, diz a emissora.

Em 2014 foram registradas 3.193 queixas de comércio irregular nos trens da CPTM. Em 2015, foram 5.481; em 2016, o total foi de 10.825 e no ano passado houve 13.913 reclamações sobre ambulantes no sistema.

publicidade

No Metrô, o aumento das queixas sobre comércio ambulante subiu 49% entre 2014 e 2017, passando de 9.807 para 14.654.

Crise

A professora de economia Juliana Inhasz, do Instituto de Ensino e Pesquisa (Insper), afirmou à Globonews que o aumento expressivo de trabalhadores informais no sistema sobre trilhos está diretamente ligado à crise econômica do país. Atualmente o Brasil tem mais de 13 milhões de trabalhadores desempregados, segundo o IBGE.

publicidade

A Secretaria Estadual dos Transportes Metropolitanos afirmou, em nota, que são desenvolvidas estratégias operacionais e “realizam rondas constantes em trens e estações com agentes de segurança uniformizados e à paisana para coibir o comércio irregular”.

—–
LEIA TAMBÉM:
Homem dorme no trem e acorda sendo agredido por seguranças na Linha 8 da CPTM
—–

Ainda de acordo com a pasta, agentes de segurança da CPTM realizaram 95.511 apreensões em 2016 e 2017, somando quase 3,5 milhões de objetos. A CPTM conta com 1.300 agentes de segurança e vigilantes terceirizados.

Reportagem 

O cotidiano de vendedores ambulantes que atuam nos trens da CPTM foi tema de um documentário feito em um trabalho de conclusão de curso (TCC) de alunos de jornalismo da Fiam em 2016. Confira:

Comentários