Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores

0
Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Munícipes reclamam de vizinhos que “acham que estão de férias” e que não estão respeitando a quarentena / Foto: reprodução

O último fim de semana foi de indignação para alguns moradores de Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, que denunciaram bares cheios e festas nas redondezas, com pessoas que têm ignorado os recomendações de isolamento social como a principal medida contra a disseminação do novo coronavírus (covid-19).

Nas redes sociais, munícipes reclamaram de vizinhos que “acham que estão de férias” e não estão respeitando o decreto estadual, colocando a saúde de outras pessoas em risco. “Aqui na Vila Yolanda parece férias… Lamentável”, escreveu uma mulher.

Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Foto: reprodução

Aqui em Quitaúna não está diferente. O Sr. prefeito deveria colocar patrulhamento aqui também, principalmente nos finais de semana, é gente nos bares bebendo, nas calçadas”, reclamou outra moradora de Osasco.

Publicidade
Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Foto: reprodução

O fim de semana em alguns bairros de Carapicuíba também foi agitado. Moradores relataram a negligência de muitos vizinhos, que se reuniram para fazer “sociais” e beber, ignorando a quarentena. “Seria ótimo a GCM viesse no Ariston. No fim de semana é aglomeração total. Uma turma na rua com som alto, bebida, maconha, pancadão, tudo junto e misturado na madrugada a fora”, escreveu um internauta.

Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores

Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Foto: reprodução

Na rua Guarubei, na Vila Veloso, neste exato momento está tendo um pagode. Povo sem amor próprio e sem amor pelos outros”, escreveu um munícipe no domingo. “Aqui do lado da minha casa, está tendo um churrasco na calçada desde as 12h e ninguém está ligando”, relatou outro morador.

+ PM e Guarda Municipal vão reforçar fiscalização contra bares abertos em Carapicuíba

Infelizmente as pessoas não estão levando o isolamento social a sério e as pessoas ainda estão dando festa, fazendo social, aglomerados. […] Fico indignada com a falta de compreensão e respeito que as pessoas tem por si e pelo próximo”, escreveu uma mulher.

Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Foto: reprodução

Esse povo de Carapicuíba não respeita nada, tem adolescentes e velhos dentro de bares ou casa de narguilé com portas fechadas”, disse outro internauta.

Ainda em Carapicuíba, a denúncia de vizinhos levou a GCM a um bar que funcionava dentro de um estacionamento, na quinta-feira. Durante a ação para fechar o estabelecimento, houve confusão, um homem foi atingido por uma bala de borracha e um GCM teve o nariz fraturado.

Em Barueri, não foi diferente. “Em frente a minha casa está tendo churrasco com várias pessoas bebendo. Minha rua parece colônia de férias, ninguém respeita a quarentena”, escreveu um munícipe. “Aqui no Parque Viana, o povo não está ligando. Tem uma turma aqui na rua, desde ontem [sábado]. Funk rolando solto”, disse outro morador.

Bares e festas ignoram quarentena em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região, denunciam moradores
Foto: reprodução

Tenho amigos que moram no Califórnia, em Barueri. Eles falaram, que lá na rua deles, as pessoas parecem estar de férias, bebendo e fazendo algazarra até altas horas”, escreveu uma mulher.

+ Furlan apoia ampliação da quarentena: “primeiro preservação da vida, depois retomada do desenvolvimento”

Moradores de Jandira também usaram as redes sociais para reclamar da normalidade em meio à pandemia. “Aqui em Jandira nada mudou. Tirando as academias, que estão fechadas, tudo está normal, tem festas e mais festas, os bares estão lotados e as pessoas estão agindo como se nada estivesse acontecendo, ou seja, acham que são férias”.

+ “Guardas Municipais e PM deverão agir para evitar aglomerações”, afirma Doria

Esse fim de semana, foi a maior festa em um bar na via expressa perto da Ultra Gás. Baixaram as portas e ficaram até quase as três da manhã. Povinho sem noção”, escreveu um internauta. “A quarentena vai começar quando? Porque na minha rua tem gente dando festa e até fazendo churrasco”, reclamou outro morador.

Denuncie

Moradores podem denunciar festas, aglomeração de pessoas e o descumprimento do decreto estadual por parte de bares e estabelecimentos não essenciais por meio do telefone 153, da Guarda Municipal, ou 190, da Polícia Militar.

Comentários