GCM de Carapicuíba teve nariz fraturado ao pedir que pessoas deixassem bar e cumprissem quarentena

0
gcm carapicuíba tem nariz fraturado
O GCM foi agredido ao tentar conter pessoas alcoolizadas que estavam no local / Foto: divulgação

Um Guarda Civil de Carapicuíba foi agredido e teve o nariz fraturado enquanto pedia o fim da aglomeração com quase 20 pessoas em um bar que funcionava dentro de um estacionamento em Carapicuíba, na última quinta-feira (2). A ação da GCM, que cumpria o decreto da quarentena, gerou confusão e um homem foi atingido com uma bala de borracha.

Os guarda municipais se dirigiram ao local após receber denúncias dos vizinhos. Chegando na avenida Eugênia, 777, no centro da cidade, por volta das 21h30, encontraram pessoas aglomeradas em um bar que funcionada dentro do estacionamento/lava rápido.

Os GCMs solicitaram aos responsáveis pelo estabelecimento que mandassem todos embora e cumprissem o decreto municipal da quarentena, mas as pessoas que estavam no local, algumas alcoolizadas, não atenderam ao pedido dos guardas e começou uma confusão.

Publicidade

Durante a discussão, um GCM levou um soco e teve o nariz fraturado, enquanto um dos homens que estavam bebendo no local foi atingido por uma bala de borracha.

Em nota, a Prefeitura disse que “a Guarda Municipal tem realizado um excelente trabalho, colocando suas vidas em risco diariamente, fechando bares, casas noturnas, entre outros estabelecimentos, que estão infringindo o decreto de quarentena, para combater a disseminação do vírus”.

A nota diz ainda que “os guardas, em menor número, agiram em legítima defesa, tendo realizado disparo de munição não letal, atingindo a mão de um dos agressores”.

A Corregedoria vai apurar a ação dos fatos, assim como ocorreu no caso envolvendo um ambulante, que gerou comoção na internet.

O caso foi registrado no 1° DP de Carapicuíba, como lesão corporal dolosa, infração sanitária, resistência e abuso de autoridade.

Leia a nota da Prefeitura de Carapicuíba:

Estamos vivendo um momento de pandemia do coronavírus e a recomendação da Prefeitura, Governo do Estado e Ministério da Saúde é de que as pessoas evitem aglomerações e permaneçam em casa.

A Guarda Municipal tem realizado um excelente trabalho, colocando suas vidas em risco diariamente, fechando bares, casas noturnas, entre outros estabelecimentos, que estão infringindo o decreto de quarentena, para combater a disseminação do vírus. Ocorre que a GCM recebeu diversas denúncias dos vizinhos sobre esse bar aberto, com aglomeração de pessoas e perturbação de sossego.

Ao chegar no local para proteger os moradores e cumprir a lei, os guardas foram recebidos com agressões por cerca de 20 indivíduos, inclusive o subinspetor da GCM teve o nariz fraturado, conforme consta no Boletim de Ocorrência por lesão corporal.

A Secretaria de Segurança informa que os guardas, em menor número, agiram em legítima defesa, tendo realizado disparo de munição não letal, atingindo a mão de um dos agressores. Ainda assim, será aberta sindicância na Corregedoria para apuração dos fatos, assim como ocorreu no caso envolvendo o ambulante.

Comentários