Início Visão Te Conta Após desistências, Sérgio Reis desiste de lançar novo álbum

Após desistências, Sérgio Reis desiste de lançar novo álbum

0
sergio reis
Reprodução/Instagram

Após desistências de artistas como Zé Ramalho, Guilherme Arantes, Maria Rita, Guarabyra e Anastácia, Sérgio Reis não lançará mais o novo álbum de parcerias. “O disco não existe mais”, declarou Marco Bavini, filho e produtor do sertanejo, ao G1, nesta quarta-feira (25).

publicidade

Dos seis artistas convidados para o projeto, cinco desistiram devido às falas antidemocráticas de Sérgio Reis, que se tornou alvo de críticas e ação na Justiça após falas antidemocráticas e ataques ao Supremo Tribunal Federal (STF). Apenas Paula Fernandes disse que continuaria no álbum.

O disco era produzido pelo filho de Sérgio Reis e tinha previsão de ser lançado ainda neste ano. Além disso, as faixas já haviam sido gravadas, mas foram desautorizadas pelos artistas. “Por conta do assunto música ter ficado em segundo plano, eu interrompi tudo”, disse Marco. “Ninguém mais que eu lamenta por isso. Eu vinha gravando e construindo esse projeto há quase cinco anos de gravações. Infelizmente foi assim”, completou.

publicidade

Sérgio Reis é investigado por crimes de ameaça, destruição de coisa alheia e atentado contra a segurança. As acusações surgiram após circularem áudios e vídeos na internet em que ele convoca protestos de caminhoneiros e invasões ao STF e ao Senado. As falas antidemocráticas renderam críticas das lideranças da categoria, que declararam que o cantor não os representa.

“Incompatível”, dizem artistas

O cantor Zé Ramalho proibiu Sérgio Reis de usar o dueto de “Admirável Gado Novo”, gravado em 2019, em seu novo disco. “A gravação perdeu o sentido e tanto o compositor quanto sua editora não autorizarão a utilização da obra”, disse em comunicado.

publicidade

“De Sérgio Reis, sempre tive enorme admiração pelo trabalho, bom gosto, extrema musicalidade. No disco dele que irá sair, inclusive participaria em uma faixa, gravação dele de Sobradinho. Mas me considero incompatível com seu posicionamento atual e infelizmente declino do convite”, declarou Guarabyra.

Guilherme Arantes cantaria “Planeta Água” no projeto. “Para mim, compositor, a gota d’água, sem querer brincar de trocadilho, foi esse colega dizer que não é frouxo, que não é mulher. Para mim, essa expressão bastou. Chega. Não quero mais participar, e ponto final”, disse o artista, em comunicado ao G1. “Por conta desse equívoco, ficou incompatível a canção com o intérprete”, concluiu.

SEQUESTRADOR ERA DE ITAPEVI// Há 20 anos, sequestro da filha de Silvio Santos causou fuga cinematográfica em Barueri

Comentários