Motoristas de Osasco, Barueri e Carapicuíba reclamam de “pegadinha” em anúncios de preços em postos de combustíveis

0
posto de combustíveis osasco patrulha do consumidor cidade alerta
Após "Patrulha do Consumidor", com Celso Russomano, mostrar irregularidade em posto de Osasco, com anúncio com tamanho diferente para destacar desconto, muitos motoristas reclamam de "pegadinha" e dizem que a prática é cada vez mais comum / Fotos: reprodução/"Cidade Alerta"

Após reportagem da “Patrulha do Consumidor”, com Celso Russomano, no “Cidade Alerta”, da Record TV, denunciar, no sábado (7), anúncio irregular de preço em um posto de combustíveis em Osasco (assista abaixo), muitos motoristas de cidades da cidade e de municípios vizinhos, como Barueri e Carapicuíba, reclamam de estabelecimentos que adotam a mesma prática.

A “Patrulha do Consumidor” mostrou o caso de um posto em Osasco que cobra preços menores entre 0h e 6h. O anúncio de preço do estabelecimento coloca em tamanho grande o valor especial, cobrado na madrugada, e em tamanho pequeno o preço normal, o que pode induzir o cliente a erro, explicou Celso Russomano.

Motoristas reclamam na internet que esta prática, que muitos definem como “pegadinha”, tem se tornado cada vez mais comum por parte dos postos de combustíveis de Osasco e região. Estabelecimentos dão grande destaque para preços cobrados com o uso de aplicativos, na madrugada, ou para pagamento em dinheiro, e deixam em tamanho menor o preço “comum”, o que pode induzir o consumidor a erro e fere o Código de Defesa do Consumidor, explica Celso Russomano.

Publicidade

“Muitos postos de combustíveis estão fazendo isso. O preço em maior tamanho na placa não é o cobrado na hora do abastecimento”, reclamou um internauta. “Aqui em Barueri a maioria dos postos tem essa ‘pegadinha’”, lamentou outro.

“Você passa de carro presta atenção só nas letras maiores. Aí vem ‘pegadinha’. Esse preço é só no dinheiro, só das 0h às 6h, só no aditivado, e assim vai… quando percebe tem que pagar”, protestou outro.

posto osasco barueri carapicuíba
Foto: reprodução
posto osasco barueri carapicuíba
Foto: reprodução
posto osasco barueri carapicuíba
Foto: reprodução
posto osasco barueri carapicuíba
Foto: reprodução
posto osasco barueri carapicuíba
Foto: reprodução

“Não pode induzir o consumidor a erro”

Celso Russomano explicou na reportagem diz que a prática fere o Código de Defesa do Consumidor: “Não pode induzir o consumidor a erro, porque caracteriza, inclusive, publicidade enganosa”. De acordo com ele, “se existe um desconto [o anúncio] tem que ser do mesmo tamanho do [que o] do preço que você vai pagar sem desconto”.

“Se o desconto é só de madrugada, o posto pode fazer, desde que fique claro para o consumidor, no mesmo tamanho do [anúncio do] preço pago durante o dia. Tem que ficar claro para o consumidor se é mais caro durante o dia”, complementou.

 

Como denunciar:

Procon Osasco: Telefone: (11) 3652-9060
Procon Barueri: Telefone: (11) 4199-1333
Procon Carapicuíba: Telefone: (11) 4164-5444

Comentários