Óculos que auxiliam cegos na leitura chegam às bibliotecas de Osasco

0
óculos cegos osasco
Foto: Marcelo Deck

A Secretaria de Cultura da Prefeitura de Osasco entregou, dia 13/12, seis óculos de tecnologia israelense que fazem a leitura de livros, placas, cores, produtos e até gravam rostos. Os dispositivos poderão ser utilizados por deficientes visuais nas bibliotecas municipais, já que facilitam o acesso dos cegos a leitura.

Os óculos modelo OrCam MyEye 2.0 chegaram ao Brasil em 2018, com a tecnologia revolucionária capaz de oferecer independência a pessoas com deficiência visual, baixa visão, dislexia ou síndrome de down. O aparelho pode ser utilizado até por pessoas que enxergam, mas não sabem ler.

No ato de entrega dos óculos, o prefeito Rogério Lins destacou que os aparelhos fazem parte da política de inclusão da administração. “Inclusão é muito mais do um texto bonito. É muito mais que obrigação. É um gesto de amor e respeito por aqueles que merecem ser tratados como todos”, disse.

Publicidade

Para a Bia Santana, que fez o teste com os óculos, o dispositivo é muito bom e sim faz a diferença para os cegos. “Me surpreendi. Acho que pode nos ajudar bastante também na questão de identificar as pessoas que estão próximas da gente. Eu sinto muita dificuldade em decorar o nome de todo mundo só pela voz”, explicou a atleta que é patinadora e perdeu a visão devido ao diabetes.

Com uma câmera inteligente acoplada à armação dos óculos, o OrCam MyEye 2.0 é a única tecnologia que reconhece até 200 produtos previamente cadastrados. Após o reconhecimento, retransmite a informação discretamente no ouvido do usuário. O dispositivo também é capaz de detectar textos em português, inglês e espanhol.

Os óculos integram o projeto “Leitura Para Todos” e ficarão disponíveis nos seguintes locais: Biblioteca Monteiro Lobato, na Biblioteca Heitor Senegaglia, Biblioteca CEU das Artes Camila Rossafa e no CEU das Artes Yolanda A.A. Ribeiro.

Comentários