Prefeitura de Osasco contrata empresa para projetar “Cidade da Polícia”

1
romu osasco
Foto: divulgação

A Prefeitura de Osasco contratou, por R$ 151,8 mil, uma empresa para fazer o projeto de arquitetura e engenharia para a construção da “Cidade da Polícia”.

publicidade

Segundo a administração municipal, a “Cidade da Polícia” vai integrar novas instalações do Comando Geral da Guarda Civil Municipal (GCM) e do Centro de Inteligência da Subsecretaria de Tecnologia da Informação (STI) do município com a Delegacia Seccional de Osasco e delegacias e unidades especializadas da Polícia Civil.

A Prefeitura defende que a “Cidade da Polícia” vai “agilizar o atendimento a ocorrências, compartilhar recursos de tecnologia e inteligência, além de dotar de maior sinergia a atuação conjunta da GCM para com as Polícias Civil e Militar”.

publicidade

De acordo com o portal “Visão 360 Osasco”, que divulga o andamento de iniciativas da administração municipal, o projeto deve ser concluído em junho do ano que vem.

A contratação da empresa Dias e Cardozo Engenharia para a elaboração de projeto executivo de arquitetura e engenharia para a construção da Cidade da Polícia foi publicada na edição desta quarta-feira (10), da Imprensa Oficial do Município (Iomo).

publicidade

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. a segurança publica é uma função do estado, a prefeitura tem que empregar recursos em outras priação de prioridades, temos carencia na saude, educação, geração de renda, melhoria nos transportes, formação de mão de obra qualificada para a população jovem, moradias dignas a preço acessivel, creche para toda criança de 01 a 5 anos, antigamente a função da GCM era cuidar das areas publicas(parques,creches,escolas,etc) hoje gasta-se com carrões, motocicletas potentes, armamento carissimo, pessoal da DEMUTRAN não esta para ajudar a população mas para punilas, alem de serem desqualificados para a função, moro na zona sul da cidade a 50 anos esta de mal a pior, que fim levou nossa universidade (unifieo), acorda governantes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorConfira o decreto que estabelece regras para reabertura do comércio e igrejas em Osasco
Próximo artigoBolsonaro impede síndicos de vetarem áreas comuns e festas em meio à pandemia de covid-19