Início Cidades Retrospectiva 2020 | Cachorro torturado e enterrado vivo em Osasco gerou revolta

Retrospectiva 2020 | Cachorro torturado e enterrado vivo em Osasco gerou revolta

0
cão osasco
Foto: reprodução

Retrospectiva 2020 | Durante o mês de dezembro, o Visão Oeste vai relembrar assuntos que foram destaques ao longo deste ano. Em janeiro, o caso do cachorro que morreu após ter sido torturado e enterrado vivo, em Osasco, gerou indignação e revolta nas redes sociais.

publicidade

O animal chegou a ser socorrido, foi levado ao veterinário e medicado, mas não resistiu aos ferimentos. “Infelizmente esse serzinho que tanto sofreu não conseguiu superar tamanha violência”, lamentou Daisy Martins, que relatou o caso no Facebook. Clique aqui para ler a matéria na íntegra.

Já em outubro, o vídeo de um homem que apareceu dando cerveja a um filhote de cachorro circulou na internet e gerou uma enxurrada de críticas. Nas imagens, ele coloca a lata de cerveja na boca do animal, que toma a bebida alcoólica: “Toma, toma, toma, vai, vai. Até o final, vai matar, vai matar, vai vai”, brinca o rapaz. Uma investigação foi inciada para apurar o caso, que aconteceu em Curitiba, no Paraná. Leia a matéria na íntegra.

publicidade

No mês de setembro, um homem de 82 anos foi preso por abusar sexualmente de uma cadela, no Distrito Federal. Segundo denúncia de vizinhos, que gravaram um episódio dos abusos, a prática era contante. Na delegacia, ele confessou o crime e foi constatado que adotava cadelas com a intenção de cometer a violência. Clique aqui e leia a matéria.

Em julho, uma denúncia anônima levou a Polícia Militar Ambiental à residência de uma mulher que mantinha animais silvestres e roedores de forma irregular em Santana de Parnaíba. Foram encontrados macaco-prego, saguis, jabuti, tartarugas da espécie tigres d’água e mais de 100 roedores. Relembre o caso.

publicidade
Leia também: Retrospectiva 2020 | Moradora de Barueri se apaixonou e casou com ladrão, de Osasco, que a assaltou

Comentários