Bruno Sindona: A cidade que merecemos!

Bruno Sindona: A cidade que merecemos!

5
Compartilhar
Bruno Sindona é CEO da Sindona Incorporadora
Bruno Sindona é CEO da Sindona Incorporadora

Osasco passa por um momento decisivo em sua história. Estão sendo debatidas neste momento as mudanças do plano diretor. Mas o que é o Plano Diretor? Basicamente é uma lei municipal que deve ser revista a cada 10 anos e define como será o desenvolvimento urbano da cidade, tanto nos aspectos públicos quanto privados. Ou seja, serão definidas as áreas que a cidade deve receber investimentos, para onde crescer e onde corrigir erros, redistribuindo a população, o emprego, os serviços públicos, etc.

Publicidade

Hoje vemos uma Osasco se desenvolvendo bem no aspecto privado, apesar da crise. Shoppings, empreendimentos em bairros antes marginalizados, ampliações de hospitais particulares, desenvolvimento do comércio e dos serviços, uma nova faculdade importante. E no aspecto público? Nessa área eu não tenho essa mesma percepção. O plano de mudança do paço municipal ninguém sabe ao certo em que pé está. O desenvolvimento das vias há tempos não apresenta inovações ou melhorias efetivas. A ampliação de corredores de ônibus não está em pauta e as ligações Norte e Sul continuam sem funcionar. Os acessos à cidade são precários: toda vez que entro na cidade, por qualquer que seja a via, tenho a impressão de estar entrando pelos fundos. O centro da cidade não consegue crescer e nenhuma operação de revitalização concreta está em debate. O comércio local sofre há muitos anos, parece ter perdido a proeminência regional por simples falta de investimento. A Zona Norte continua enclausurada como sempre foi. Lá o polo industrial não tem auxílio, com acessos péssimos, trânsito interminável, além dos alagamentos de verão que são uma certeza ano após ano. Nossas divisas com outros municípios sempre esquecidas.

Em qualquer cidade é fácil impor regras à iniciativa privada: só requer papel, caneta e uma base aliada na Câmara. Mas desenvolver de fato um município, resolver seus problemas estruturais e apontar caminhos para o crescimento sustentável, é um buraco mais embaixo.

O que precisamos é da apresentação de um plano claro para crescimento da cidade. Precisamos de obras, de parceiras com os municípios vizinhos para desafogar nossa cidade. A atual administração tem tempo hábil para atuar nessas frentes, basta querer e pensar grande.

Pensar grande! Precisamos de grandes projetos, com o tamanho que Osasco já tem, com a grandeza de quem a desbravou e a emancipou. Precisamos de uma Osasco sem síndrome de vira-lata. Mais o que a cidade que queremos, precisamos da Cidade que merecemos.

Bruno Sindona é CEO da Sindona Incorporadora

Compartilhar

Comentários