Comércio de rua de Osasco poderá abrir das 10h às 16h e shoppings, das 14h às 20h

0
osasco
Foto: Lana Alves/Visão Oeste

Em comunicado na noite desta quarta-feira (10), a Prefeitura de Osasco informou sobre regras para o início da reabertura do comércio considerado não essencial a partir de segunda-feira (15).

publicidade

Cidades da região foram liberadas hoje pelo governo do estado para afrouxar, a partir do dia 15, as regras de isolamento em meio à quarentena contra a disseminação da covid-19. A reabertura seguirá regras específicas para cada segmento, com critérios de higiene e segurança, visando o controle da disseminação do coronavírus.

Segundo a Prefeitura, o comércio de rua funcionará das 10h às 16h, com atendimento exclusivo para os grupos de risco (idosos e pessoas com doenças crônicas) entre 10h e 12h. Os estabelecimentos deverão determinar o limite de capacidade: uma pessoa a cada 10 metros quadrados, disponibilizar álcool em gel e exigir uso de máscara pelos clientes. Também deverão disponibilizar a seus colaboradores as EPIs necessárias (máscara e álcool em gel).

publicidade

Já os shopping centers deverão abrir as portas das 14h às 20h, com atendimento preferencial para os grupos de risco entre 14h e 16h. A orientação é para que se permita a circulação de clientes em apenas 20% da capacidade do estabelecimento.

A exemplo do comércio de rua, os shoppings deverão adotar protocolos de distanciamento, além da oferta de álcool em gel para clientes e colaboradores, limitar número de clientes por loja e aferir a temperatura das pessoas antes do acesso ao estabelecimento.

publicidade

Os escritórios poderão funcionar em horário habitual, promovendo a flexibilização de entrada e saída de seus colaboradores para evitar aglomerações no transporte público.

A partir de segunda-feira, 15, também funcionarão Administração Pública, Igrejas e Templos Religiosos. Todos os segmentos terão regras definidas para funcionamento, que até o momento não foram divulgadas.

A Prefeitura planejava liberar o início da retomada das atividades já nesta quinta-feira (11), mas o Ministério Público orientou as administrações municipais a seguiram a determinação do governo do estado e permitir a reabertura a partir do dia 15.

Até esta quarta, Osasco tinha 4,5 mil casos e 365 mortes com confirmação de covid-19, segundo dados da Prefeitura (confira mais abaixo).

Reprodução

Comentários