Coronavírus já matou pelo menos seis profissionais da saúde em Osasco e região

0
coronavírus osasco e região
Cidinha, Dr. Dennis, Luizão, Tatiane, Katia Kohler e Paulo Gonzales: profissionais da saúde, na linha de frente contra a pandemia e vítimas fatais da covid-19 na região / Fotos: reprodução

Desde o início da pandemia do novo coronavírus (covid-19), pelo menos seis profissionais da saúde, categoria que está na linha de combate à doença, em Osasco, Barueri, Carapicuíba e região já morreram em decorrência do vírus.

O Dr. Dennis Rollano Torres, de 68 anos, não resistiu à covid-19 e morreu nesta segunda-feira (4). Ele trabalhou na rede de saúde em Osasco, Carapicuíba e em Cotia, onde atendia no Pronto Atendimento do Parque São Jorge, mas estava afastado desde março, por fazer parte do grupo de risco.

medico coronavírus covid osasco
Foto: reprodução

Em nota, a Secretaria de Saúde de Cotia lamentou a morte do Dr. Dennis, que era muito querido por pacientes e funcionários das unidades públicas de saúde onde trabalhou. “O doutor Dennis Rollano Torres atuou na rede municipal de Cotia desde 2002, era médico concursado, estatuário e deixará muita saudade.

Publicidade

Outra profissional da saúde que morreu em decorrência do novo coronavírus foi a auxiliar de enfermagem Maria Aparecida Duarte, mais conhecida como Cidinha, que trabalhava no Pronto Socorro da Cohab II, em Carapicuíba. Ela não resistiu às complicações da doença e veio a óbito no domingo (3).

enfermeira carapicuíba coronavírus
Reprodução

O médico Paulo Gonzales, de 60 anos, morreu dia 26, vítima do novo coronavírus (covid-19). Ele atuava como clínico geral na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Audir, em Barueri.

medico de barueri morre por coronavírus
Paulo Gonzales, de 60 anos, não resistiu às complicações do novo coronavírus e morreu no dia 26 de abril / Foto: reprodução

Outro profissional da Saúde que não resistiu à covid-19 na região é o dirigente sindical Luiz Claudio Bernardo, o “Luizão”, do Sindicato Único dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Osasco e Região (SUEESSOR), que morreu no dia 24 de abril.

sindicalista osasco covid-19
Reprodução

A enfermeira Tatiane Ferraregi, que trabalhava no Hospital Geral de Carapicuíba, morreu aos 36 anos, após mais de duas semanas na UTI.

enfermeira coronavírus carapicuíba
Foto: reprodução

A médica Katia Kohler, que trabalhava em unidades de Saúde de Barueri e Santana de Parnaíba morreu no dia 12. “Deixo aqui a minha gratidão por tudo que fez pela saúde de nossa cidade e peço a Deus que possa confortar o coração dos familiares e amigos”, declarou o prefeito Elvis Cezar.

medica barueri coronavírus
“Perdemos uma pessoa maravilhosa Dra. Katia, dedicada, preocupada com o próximo!”, declarou a primeira-dama de Santana de Parnaíba / Foto: reprodução

 

Comentários