Em Osasco, ladrões devolvem medalhas roubadas do ginasta Arthur Nory com carta de desculpas

Ladrões deixaram medalhas e carta com pedido de desculpas em lixeira no Jardim Adalgisa

0
arthur nory medalhas osasco
Arthur Nory posa com policial militar que participou da ocorrência na qual medalhas roubadas foram recuperadas / Foto: Divulgação/Polícia Militar

As medalhas roubadas há quatro dias do ginasta Arthur Nory foram localizadas pela polícia no Jardim Adalgisa, em Osasco, após uma denúncia anônima. Junto a elas, os ladrões deixaram uma carta com pedido de desculpas.

publicidade

Na última sexta-feira (5), assaltantes invadiram a casa do ginasta, no bairro da Lapa, em São Paulo, renderam e amarraram duas pessoas e roubaram 15 medalhas de Arthur Nory, além de itens sem valor financeiro da carreira dele.

O atleta fez um apelo para recuperar os símbolos de suas conquistas e causou comoção nacional. “São objetos simbólicos, mas elas representam todo o meu suor, trabalho e dedicação”, declarou, após o crime.

publicidade

Com a repercussão do caso, nesta terça-feira a Polícia Militar recebeu uma denúncia anônima de que os itens roubadas estavam em uma lixeira em frente a uma casa no Jardim Adalgisa, em Osasco.

Junto às medalhas, havia uma carta escrita a mão supostamente por um dos criminosos na qual pede desculpas, diz que está arrependido e “espera que o atleta obtenha mais condecorações defendendo o atletismo brasileiro”.

publicidade

O ginasta veio à cidade para retirar pessoalmente os símbolos de suas conquistas e foi fotografado ao lado do policial que os encontrou. (Com informações da TV Globo)

Comentários