Empresa de Barueri é acusada de dar golpes com falsos empréstimos a negativados

0
Foto: Reprodução

A empresa Bitcoin Brasil Crédito, com endereço em Alphaville, Barueri, é investigada pela Polícia Civil pelo crime de estelionato. A companhia é acusada de oferecer falsos empréstimos a negativados.

A empresa se apresenta como uma plataforma digital que estaria autorizada a conceder empréstimos para pessoas físicas. Segundo o Portal Bitcoin, apesar de ter o nome associado às criptomoedas, a Bitcoin Brasil Crédito não teria vínculo com esse mercado. Em seu site, a empresa traz, sem autorização, logotipos da revista Exame, Estadão e portal Infomoney.

Para atrair pessoas endividadas, a empresa diz que libera crédito para negativado sem consulta no SPC e demais burocracias. A Bitcoin Brasil Crédito também diz ser correspondente bancária de instituições como Companhia Piratini, Santana Financeira e Família Paulista Companhia Hipotecária.

Publicidade

Segundo o Infomoney, o processo foi instaurado mediante a denúncia de uma vítima, que teria pago quase R$ 5 mil por supostos trâmites financeiros para a obtenção de um empréstimo que nunca foi concretizado. Após a solicitação do empréstimo, a empresa pede um fiador. A pessoa diz que não tem e é oferecido um financiador deles, por uma taxa. É comum pediram mais e mais taxas e, mesmo assim, o valor do empréstimo não é liberado.

Em 19 de maio, o caso foi levado ao juiz Fabio Calheiros do Nascimento, da 2ª Vara Criminal de Barueri, mas ainda não há ação penal em andamento.

A empresa ainda não se manifestou sobre as acusações.

Comentários