Governo do estado anuncia redução de juros do Banco do Povo Paulista

0
Governador também aumentou para R$ 20 mil o limite de empréstimos do programa de microcrédito / Foto: José Luís da Conceição

Governador também aumentou para R$ 20 mil o limite de empréstimos do programa de microcrédito / Foto: José Luís da Conceição
Governador também aumentou para R$ 20 mil o limite de empréstimos do programa de microcrédito / Foto: José Luís da Conceição

publicidade

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB),  anunciou nesta segunda-feira, 24, no Palácio dos Bandeirantes, a redução da taxa de juros do Banco do Povo Paulista (BPP) de 0,5% para 0,35% ao mês. Além da redução, o limite de empréstimo passa dos atuais R$ 15 mil para R$ 20 mil.

“Enquanto a União aumenta os juros, a gente diminui novamente e segue beneficiando o microempreendedor do nosso Estado”, destacou o secretário estadual do Trabalho, Tadeu Morais, em referência ao aumento da taxa Selic de 10% para 10,5% em janeiro deste ano.

publicidade

Quando implantado, em setembro de 1998, o BPP cobrava taxa de juros de 1%. Em setembro de 2009 foi reduzido para 0,7% e, em novembro de 2011, passou a 0,5%.

Alckmin também aumentou para R$ 20 mil o limite de empréstimos do programa de microcrédito. “No ano passado, foram mais de R$ 193 milhões emprestados e 40 agências inauguradas – o maior número desde 2007. Neste ano, queremos bater o recorde”, pontuou Antonio Mendonça, diretor-executivo do BPP.

publicidade

Banco do Povo Paulista
O Banco do Povo Paulista, gerenciado pela Secretaria estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), favorece a geração de emprego e o aquecimento das economias locais, por meio da promoção de atividades produtivas. Em 15 anos, o programa emprestou mais de R$ 1,27 bilhão a 336,2 mil empreendedores.

Podem solicitar empréstimos pessoas físicas ou jurídicas (ou seja, os informais também podem se beneficiar) desde que não ultrapassem faturamento mensal de R$ 30 mil. Trata-se de crédito para fins produtivos. O BPP não faz empréstimo para consumo. Depois de ter o cadastro aprovado, o empreendedor recebe o dinheiro em até 72 horas.

Comentários