Mais de 30 ônibus são incendiados em Osasco

0

Trinta e quatro ônibus da Urubupungá foram incendiados na madrugada desta terça-feira, na garagem da empresa, no Jardim Mutinga. Outro veículo foi incendiado quando já estava com passageiros na rua. Os osasquenses tiveram muita dificuldade para chegar ao trabalho hoje devido à ação criminosa.

publicidade

A Polícia Militar (PM) atribui o ataque a uma represália pela morte de um traficante na noite de segunda-feira. Os ônibus foram incendiados por um grupo de seis a oito homens, segundo a empresa, que rendeu quatro funcionários, sendo dois seguranças e dois manobristas, que estavam na garagem. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas começaram por volta da 1h da madrugada. No pátio estavam 44 veículos, mas dez deles foram retirados pelos funcionários e não tiveram danos.

Além dos carros incendiados na garagem, um dos veículos foi atacado na Rua João Ventura dos Santos, mas ficou parcialmente danificado.

publicidade

Parte dos ônibus incendiados foi reposta com os veículos reservas, com déficit de 26 coletivos. “Montamos uma força tarefa, com veículos emprestados de empresas parceiras, iremos colocar quase essa totalidade na rua”, destacou o gerente-geral da Urubupungá. Ele informou que a empresa está pedindo também autorização para a prefeitura para que sejam trazidos ônibus de outros municípios. “Mas tem uma série de mudanças que são necessárias para isso, como o sistema de arrecadação. Temos que trocar o validador”, explicou.

Miguel Albuquerque informou que a empresa está apurando a informação de que um funcionário inalou fumaça durante o ataque. “Estão todos muito abalados. Eles foram dispensados e serão acompanhados por psicólogos e pela equipe de assistentes social”, apontou. Ele estima que houve um prejuízo de pelo menos R$ 10 milhões para a empresa. Os ônibus que foram danificados parcialmente já estão sendo reparados na própria garagem.

publicidade

O gerente destacou que, desde 2006, entre as empresas do grupo NSO, além da Urubupungá, pela Cidade Caieiras, Santa Brígida e Urubupungá Turismo, foram mais de 100 veículos incendiados.

Comentários