Projeto terá 940 apartamentos

2
Unidades serão para famílias que residiam no Miguel Costa

Unidades serão para famílias que residiam no Miguel Costa
Unidades serão para famílias que residiam no Miguel Costa

publicidade

Um projeto habitacional do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, deve construir 940 apartamentos no Conjunto Miguel Costa, zona Sul de Osasco.

Após ser selecionada pela Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano (SEHDU) para desenvolver o projeto, a empresa Qualyfast protocolou, na quarta-feira, 14, o processo para aprovação da edificação do empreendimento no Departamento de Uso do Solo (DUS) da Prefeitura de Osasco.

publicidade

As 940 unidades serão destinadas ao reassentamento das famílias que residiam no Miguel Costa e outras cadastradas em áreas de intervenção pública do município.

De acordo com a prefeitura, esta é a primeira etapa para o início da construção de moradias de interesse social no terreno. Após aprovação do órgão municipal, o projeto segue para a análise da instituição financeira e na sequência para o Ministério das Cidades, do governo federal, responsável pelo financiamento da obra em parceria com o município.

publicidade

Estado e União entregam 300 apartamentos 

O governo do estado de São Paulo entrega nesta quinta-feira, 15, as chaves da casa própria para 300 famílias de Carapicuíba. As moradias foram viabilizadas por meio da Agência Paulista de Habitação Social, braço operacional da Secretaria de Estado da Habitação, em parceria com o governo federal. O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, participou do evento de entrega.

Cada apartamento do residencial tem área total de 48,50 m² e área útil de 43,40 m². O investimento total foi de R$ 28,7 milhões, dos quais R$ 6,0 milhões oriundos do estado, a fundo perdido, e R$ 22,7 milhões da União. O conjunto habitacional foi feito para famílias com renda mensal de até R$ 1.600, priorizando os moradores de área de risco adjacente à Lagoa de Carapicuíba e também da área da Savoy.

Comentários

2 COMENTÁRIOS

  1. São Paulo é o único estado da federação que investe 1% da arrecadação do ICMS em moradias populares. Na área da habitação o governador Geraldo Alckmin tem feito sua parte. Já a presidentA Dilma não consegue cumprir a promessa de campanha e não chegam nem perto da meta de moradias prometidas para a cidade.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVisão Na Rede
Próximo artigoLâmpadas de led iluminam Autonomistas