Intermédica avalia se continua com o Hospital Renascença, em Osasco

0

O presidente do Grupo NotreDame Intermédica, Irlau Machado Filho, disse que a companhia estuda se manterá a operação junto ao Hospital Renascença, em Osasco, que pode deixar de ser um dos 18 hospitais exclusivos da rede própria da empresa.

publicidade

Durante evento, ele ressaltou, ao Estadão, que o vizinho Cruzeiro do Sul, recém-adquirido pela NotreDame Intermédica, tem o dobro da capacidade do Renascença, que conta com 77 leitos.

As negociações entre a NotreDame Intermédica e os proprietários e fundadores para a compra do Hospital Renascença, que está arrendado, não vão bem e os dois podem tomar rumos diferentes.

publicidade

Comentários

publicidade