Assalto shopping União
Na fuga, suspeitos bateram em um ônibus e foram baleados

Internado no Hospital Regional de Osasco desde o dia 27, após ser baleado na fuga depois de tentar assaltar uma loja do shopping União, em Osasco, um dos envolvidos no crime vai ficar sem escola policial, decidiu a Justiça.

publicidade

Após receber alta, ele deverá se apresentar à Justiça.

Na decisão, o juiz José Fernando Azevedo Minhoto, da 4ª Vara Criminal de Osasco, destaca que, devido a seu estado de saúde, ele não deverá deixar o hospital “tão cedo”, segundo o jornal Diário da Região.

publicidade

“Diante disso, sem perder de vista a gravidade do ato a ele atribuído urge ponderar que a manutenção da custódia cautelar – com escolta policial dentro do hospital – mostra-se desnecessária por ora”, decidiu.

O juiz destaca ainda que, em caso de alta, o suspeito pode ter o pedido de prisão retomado se não se apresentar à Justiça.

publicidade

Tentativa de assalto

Na manhã da última sexta-feira, 27, quatro homens tentaram assaltar a loja da Samsung no shopping União.

Na fuga, em uma Tucson preta, perseguidos pela polícia, eles bateram em um ônibus e foram baleados, na avenida Presidente Altino. Dois suspeitos morreram, um já teve alta do hospital e está preso e outro segue internado no Regional.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui