Menopausa requer reposição de nutrientes

0

Conhecido como o período em que as mulheres costumam sentir calores além da temperatura real, a menopausa é uma fase de grandes mudanças físicas e psicológicas na saúde das mulheres. É nesse período em que há maior predisposição para doenças como diabetes tipo 2, osteoporose e doenças do coração. Boa alimentação e a reposição de algumas vitaminas e minerais são de extrema importância.

publicidade

7-menopausa

Estudos científicos têm comprovado a importância do consumo adequado de magnésio, cálcio, zinco e vitamina D. Esses nutrientes atuam em sinergia e devem ser consumidos juntos e preferencialmente na forma de suplementos.

publicidade

Entre as mudanças que podem ocorrer estão a osteoporose e a perda de massa muscular, acompanhadas de fraqueza, indisposição e maior propensão para quedas e deterioração dos dentes. O cálcio é a matéria-prima dos ossos e depende da vitamina D para a sua fixação no osso. O magnésio e o zinco colaboram para que os ossos fiquem mais fortes, atuando na matriz óssea.

Além de seus outros benefícios, o cálcio e o magnésio são os responsáveis pela contração muscular. O zinco, o magnésio e cálcio são essenciais para uma pele saudável e jovem, pois previnem a flacidez, além de manter unhas e cabelos.

publicidade

Outra preocupação constante durante a menopausa é o ganho de peso. É possível controlar associando alimentação saudável e a prática de atividade física, com a combinação do uso de nutrientes (zinco, cálcio, magnésio e vitamina D) essenciais para acelerar o metabolismo e colaborar com a perda de peso.

Comentários