Paciente da Unimed Paulistana é barrado após determinação da ANS

0

Após a determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) de que os clientes da Unimed Paulistana teriam que ser transferidos automaticamente para outros planos de saúde, um paciente relatou que não conseguiu atendimento no Hospital Cruzeiro do Sul, em Osasco.

publicidade

A ANS determinou o remanejamento dos clientes da Unimed Paulistana após constatar “anormalidades assistenciais e administrativas graves”. O prazo dado para a transferência de todos os clientes foi de 30 dias.

Ontem, a Unimed informou aos 740 mil clientes que o atendimento continuava normalizado, o que não ocorreu no Cruzeiro do Sul.

publicidade

O paciente que não conseguiu atendimento, um jornalista com 40 anos que precisava tratar uma infecção na garganta, relatou que se dirigiu ao centro de atendimento da operadora na rua Cônego Afonso, no Centro, onde outros clientes da operadora estavam na mesma situação após terem sido barrados em hospitais de Osasco.

As informações são do site Linha 8.

publicidade

Comentários