Rede de Saúde de Osasco realiza 11 milhões de atendimentos

0
De acordo com o promotor de Justiça Gustavo Albano, mais três médicos estão sob investigação por dupla jornada em cidades diferentes / Foto: Divulgação
De acordo com o promotor de Justiça Gustavo Albano, mais três médicos estão sob investigação por dupla jornada em cidades diferentes / Foto: Divulgação

A rede pública de saúde do município de Osasco atende mensalmente cerca de 1 milhão de pessoas, entre moradores da cidade e cidades vizinhas. Segundo a Prefeitura, são atendidos aproximadamente 700 mil moradores de Osasco e 300 mil de cidades vizinhas e região.

publicidade

Esse número representa quase 10% da população paulistana, hoje com aproximadamente 11 milhões de habitantes. O município destina 30% do orçamento público – cerca de 500 milhões de reais – à saúde, distribuídos em 35 Unidades Básicas de Saúde (UBS), 4 Postos de Saúde (PS), 3 hospitais, 2 Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e 2 Policlínicas.

Com seis mil servidores públicos, 45 equipes de saúde atuam na rede. Para atender 1 milhão de pessoas, mensalmente são realizados 220 mil exames; 400 partos; com cerca de 40 atendimentos médicos realizados pelo Samu; mais de 5.600 atendimentos nas farmácias populares; e mais de 40 mil medicamentos distribuídos, apenas no mês de julho, desde o início do ano foram mais de 200 mil remédios entregues.

publicidade

Mais médicos

Por ser a demanda da saúde de Osasco uma das maiores do Estado, atender todas as regiões da cidade não é tarefa fácil, por isso o município é um dos mais de 4 mil contemplados pelo programa “Mais Médicos”, implantado em 2013 pelo Governo Federal para enfrentar o problema histórico da falta de médicos no Brasil. Com isso, a rede conta com recursos do Ministério da Saúde para a contratação de 88 médicos que integram 18 equipes da ESF – Estratégia Saúde da Família, atendendo em UBS’s e em domicílios.

publicidade

Comentários