Início Cidades Carapicuíba Suspeito de ser mandante de crime que resultou na morte de menina...

Suspeito de ser mandante de crime que resultou na morte de menina de 6 anos em Carapicuíba é preso

0
helena 6 anos tiros carapicuíba
A polícia prendeu um homem suspeito de ser o mandante do crime / Fotos: Reprodução/Band

Um homem de 25 anos foi preso temporariamente nesta segunda-feira (1°) acusado pela polícia de ser o suposto mandante do crime que resultou na morte a tiros de uma menina de 6 anos, em Carapicuíba. As informações são do “Brasil Urgente”, da Band.

publicidade

O crime brutal que chocou a região ocorreu na noite de sexta-feira (29), no Jardim Santa Rita. Helena Guimarães voltava de um passeio com o pai, Evandro Machado, quando criminosos se aproximaram e começaram a atirar contra o carro em que estavam pai e filha. A menina não resistiu aos ferimentos e morreu. Já o pai foi encaminhado a um hospital em Barueri, passou por uma cirurgia e permanece internado.

helena morta a tiros carapicuíba (1)
Crime ocorreu na noite de sexta-feira / Foto: Reprodução/Record TV

A polícia teve acesso à câmeras de monitoramento que registraram a ação criminosa. Nas imagens, um veículo modelo Chevrolet Corsa, na cor prata, se aproxima do carro da vítima e um homem que estava no banco do passageiro desce e efetua os disparos. “O atirador era experiente, ele fez os disparos com muita calma, todos certeiros”, disse o delegado Marcelo Prado, responsável pelo caso, ao “Brasil Urgente”.

publicidade

Com as imagens em mãos, os investigadores conseguiram identificar a placa do veículo utilizado no crime e trabalha para encontrá-lo. O caso foi registrado no 1° DP de Carapicuíba como homicídio e tentativa de homicídio. A polícia acredita que trata-se de uma tentativa de execução de Evandro.

helena morta a tiros carapicuíba (1)
Imagens registraram momento em que atirador desce do veículo e vai em direção ao carro da vítima / Foto: Reprodução/”Brasil Urgente”

O corpo de Helena foi sepultado em Jandira no sábado (30), sob forte comoção. Nas redes sociais, familiares se despediram da menina e pediram justiça.

publicidade

Defesa nega

O delegado Marcelo Prado disse ao apresentador José Luiz Datena, no início da noite de hoje, que o suspeito não confessou o crime. “Ele fala que não estava na cidade naquele dia, mas temos testemunhas que dizem que o viram em Carapicuíba”, afirma.

Ozelio Fernandes, advogado do suspeito, disse ao “Brasil Urgente” que seu cliente compareceu espontaneamente à delegacia para prestar esclarecimentos, mas acabou ficando “preso por conta de algumas pessoas que disseram que o viram em Carapicuíba”. Ele nega que seu cliente seja o mandante do crime.

Segundo a polícia, o principal suspeito de ser o mandante tinha uma dívida alta com Evandro, que o cobrava. No dia do crime, Evandro teria cobrado por mensagens o valor, que era inicialmente de R$ 66 mil e já estaria em R$ 85 mil.

Detido nesta segunda, o suspeito foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para fazer exame de corpo e delito e, em seguida, voltou para o 1° DP de Carapicuíba, onde deve permanecer preso temporariamente por 30 dias. As investigações continuam.

Comentários