Vendas no comércio varejista de Osasco e região cresce em dezembro

1

O faturamento do comércio varejista de Osasco e região cresceu este ano. Segundo a projeção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomércio- SP) para o mês de dezembro a estimativa é que o faturamento real atinja R$5,5 bilhões, representando uma alta de 18,6% em relação ao mesmo período do ano passado.

publicidade
Compras
Setor com melhor desempenho este ano foi o de eletrodomésticos e eletroeletrônicos / Divulgação

Essa previsão no resultado de vendas de dezembro é a segunda maior do estado de São Paulo, perdendo apenas para região de Guarulhos (47,1%). No estado a estimativa é um aumento total nas vendas de 4% no ano e de 3,3% em dezembro.

De acordo, com a Fecomércio-SP as vendas da região devem chegar a R$53 milhões, representando uma alta de 11,6% em relação ao ano passado. No total de faturamento no estado de São Paulo, a participação da região é de 10,6%. Para 2014 a projeção do desempenho do comércio varejista na região é ainda maior, com crescimento de 5,9% nas vendas, somando um valor de R$56,2 bilhões e aumentando a participação no estado para 10,9%.

publicidade

Este ano o setor com melhor desempenho em todo estado foi o de eletrodomésticos e eletroeletrônicos, que tiveram incentivos fiscais. Em Osasco e região houve aumento de 100,8% nas vendas desses produtos, seguida dos materiais de construção que alcançaram a marca de 41,8%. Nas lojas de departamento também houve aumento de 0,9% e as lojas de móveis e decorações caíram 9,5%.

O desempenho do comércio no estado de São Paulo é acompanhado mensalmente pela Fecomercio – SP, por meio da pesquisa conjuntural do comércio varejista no estado de São Paulo (PCCV). São utilizados dados da receita informada pelas empresas varejistas ao governo paulista por meio de um convênio de cooperação técnica firmado com a Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz).

publicidade

A Associação Comercial e Empresarial de Osasco estima um crescimento nas vendas de 5% a 7% nos shoppings e de até 10% nas lojas de rua, em comparação com 2012. Entre os presentes mais procurados estão: celulares, vestuário e calçados.

Comentários

1 COMENTÁRIO

  1. Onde esta pesquisa foi feita? baseado em quais indicadores? google?????
    Com exceção de celulares as vendas no geral estão a baixo dos 50% com comparação ao ano passado e anteriores, basta andar nas ruas e ver que as pessoas estão de mão abanando e os vendedores com o ombro no balcão.
    Dezembro aqui não chegou, esta parecendo fim de agosto

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorElvis Cezar e Peccioli têm registro de candidatura impugnado, diz TRE
Próximo artigoArtigo – TV despreza os direitos humanos