Vídeo: Associação Comercial de Osasco fala sobre perspectivas para reabertura do comércio

0
aceo comercio osasco
Foto: reprodução

Em live na nesta segunda-feira (1º), o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Osasco (ACEO), Dr. Amir Gomes, e o superintendente, Denis Mello, falaram sobre as perspectivas para o início da reabertura do comércio no município.

publicidade

A expectativa é que nos próximos dias seja iniciada uma reabertura gradual da atividade comercial considerada não essencial no município, com uma série de cuidados para se evitar a propagação da covid-19.

“A esperança é de que tenhamos, a partir de junho agora, bons momentos, uma nova retomada, um novo momento de vida”, disse Dr. Amir Gomes. “É um novo momento de vida, realmente, mas vamos dar a volta por cima”, completou.

publicidade

Nesta segunda-feira (1º), o estado iniciou as ações ligadas aos protocolos sanitários do Plano São Paulo para permitir a retomada econômica de serviços e atividades não essenciais durante a pandemia do coronavírus.

publicidade

Osasco está atualmente na fase “vermelha” do plano de retomada da atividade econômica definido pelo governo do estado. Ou seja, continuam liberados apenas os serviços considerados essenciais.

A expectativa é que nos próximos dias o governo de João Doria inclua Osasco na fase “laranja”, na qual poderão abrir, com uma série de restrições: comércio, shopping, escritórios, concessionárias e atividades imobiliárias.

reabertura comércio osasco
Divulgação/Governo de SP

“Nesta fase de enfrentamento da doença e reabertura gradual da economia, no Plano São Paulo, o poder público pede e tem convicção de que terá o apoio da livre iniciativa na realização de testes em massa para ampliar a eficiência no enfrentamento da pandemia. Os protocolos darão orientação necessária de como as empresas podem e devem aplicar os testes. O diagnóstico preciso é fundamental, como dizem os cientistas e os membros do nosso comitê de saúde, para controlar e superar a crise do coronavírus”, salientou o governador João Doria, em coletiva de imprensa na última sexta-feira (29).

Comentários