Você é a favor ou contra a vinda de médicos estrangeiros para trabalhar no SUS?

3

Depende, pois tem dois lados. Se você olhar o lado das pessoas carentes, há a necessidade da população que pede por mais médicos, pois falta. Agora, há o lado do profissional, que estuda seis anos e não é valorizado. O que eu concordo é que o estudante que se formar terá que fazer residência no SUS. Isso é bom, pois para ser médico tem que ter o dom de assistência.
Welbison Lima, 51 anos, contador, Osasco

publicidade

Concordo. Pois muitas vezes ficamos sem assistência nenhuma com a falta de médicos. Ninguém quer trabalhar no SUS.
Edna Maria da Silva, 47 anos, dona de casa, Carapicuíba

Sou contra. Aqui tem médicos, mas não são tão valorizados pelo governo.
Ana Lúcia, 41 anos, bancária, Osasco

publicidade

Concordo. Os médicos estrangeiros têm um amplo conhecimento. Hoje em dia você vai ao médico atrás de um tratamento e eles te dão apenas uma medicação.
Franciele Silva, 26 anos, ajudante de limpeza, Osasco

Contra. O Brasil tem que dar mais condições para todos. Os médicos não querem trabalhar em periferias porque falta segurança no país.
Mauro Beieler, 49 anos, motorista, Osasco

publicidade

Eu sou a favor, porque precisamos de médicos, principalmente especialistas, que é o que mais falta.
Maria Dulce da Silva, 55 anos, dona de casa, Osasco

Sou a favor, já que os médicos daqui não querem trabalhar na rede SUS. O governo deveria dar incentivos para termos mais médicos formados.
Ivone de Brito, 50 anos, vendedora, Osasco

Comentários

3 COMENTÁRIOS

  1. Infelizmente os medicos atuais nao sao, em regra, profissionais preocupados com a condição de saúde da população, mas unicamente interessados no seu padrão de vida. Medico, professor e outras tantas profissões sao mais do que um emprego, sao devoções natas. Ofertar 10, 15 e 20 mil a medicos no interior nao tem solucionado a carência. Bolsa de oito mil para refém formados também nao. O que fazer? Respondo por mim: trazer mão de obra estrangeira em massa e fazer uma pergunta: se houvesse um exame como o revalida para os medicos formados no Brasil, quantos passariam? Pq o CFM nao propõe um exame como o da OAB? Afinal, é cada medico que nos vemos…

  2. Sou a favor, porque os médicos daqui não querem concorrência, querem continuar faturando alto nas Clinicas e Hospitais particulares.

  3. Totalmente a favor. No Brasil se levarmos em consideração o número de habitantes e o número de
    médicos, a população iria ver o quanto somos carentes nessa área, alias, aqui, ao contrario de muitos países, temos poucas faculdades de medicina e médicos insatisfeitos com os salários, ( alias salário esse que nem merece comentários). No Brasil quem consegue estudar para médico é só rico. O nosso governo é fraco e mesmo vendo o sofrimento do povo, não consegue virar o jogo. As empresas de planos de saúde cobram uma média de 1.200,00 reais para um plano base para uma pessoa com mais de 60 anos de idade e o governo tem coragem de pagar um salário ao aposentado de míseros 600,00. Que venham logo esses profissionais para o Brasil, que abram mais vagas nas faculdades, que os profissionais sejam melhor pagos. Precisamos, logo, acabar com a hipocrisia, com os discursos ideológicos e reducionistas, assim como o status de muitos que não querem a mudança. Sou do povo e luto pelo povo. Val gremista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorItapevi terá zonas Azul e Marrom
Próximo artigo3 mil trabalhadores tomam as ruas de Osasco