Além de Osasco, GCM de Barueri participa das buscas por Vitória Gabrielly; polícia deve pedir prisão de suspeito

0

Além de Osasco, Barueri também enviou, nesta quinta-feira, 14, homens da Guarda Civil Municipal (GCM) para a cidade de Araçariguama, no interior paulista, para ajudar nas buscas pela menina Vitória Gabrielly, de 12 anos, que está desaparecida desde a última sexta-feira, 8.

publicidade

Foram auxiliar nas buscas agentes do Grupo Tático de Motos (GTM) e da Ronda Ostensiva Municipal (Romu) de Barueri. Ontem, 13, homens da Defesa Civil, Guarda Civil Municipal (GCM) e cães farejadores de Osasco juntaram-se às buscas pela estudante.

O delegado da Polícia Civil Acácio Leite informou no início da noite desta quinta-feira (14), em entrevista à Record TV, que vai pedir a prisão preventiva de um homem, que até então era uma testemunha e acabou virando suspeito de envolvimento no sumiço da garota após dar versões conflitantes aos policiais.

publicidade

“O pedido de prisão é para evitar que ele ameace testemunhas ou fale com outras pessoas”, explicou.

A estudante foi avistada pela última vez enquanto andava de patins em direção a um ginásio da cidade que fica perto de sua casa. Desde então, não há indícios da jovem.

publicidade

Cerca de 50 possíveis testemunhas, amigos de Vitória e familiares já foram ouvidos pela polícia, que também quebrou o sigilo telefônico de pessoas próximas à menina. Cães farejadores e policiais têm vasculhado a mata local em busca da garota.

O desespero da mãe: “Até quando, Senhor?”

“Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não escutarás? Ou gritarei a ti: Violência! E não Salvarás? Habacuque 1:2”. A passagem bíblica postada pela mãe de Vitória Gabrielly, Rosana Maciel Guimarães, nas redes sociais, mostram o desespero da família nas buscas pela menina. “Não procuro pensar no pior jamais. Procuro pensar que tem uma solução, que ela vai chegar com vida”, diz a mãe de Vitória.

Comentários