Após viralizar nas redes sociais, cachorro Chico e sua dona ganham novos colchões

0

Depois de ter o colchão destruído pelo cachorro Chico, Patrícia Barros, gerente de uma empresa de telefonia, receberá um colchão da Zissou, startup brasileira que desenvolve produtos de alto padrão para o sono. Além do novo colchão, a empresa também enviou duas camas de cachorro, uma para o Chico e outra para seu companheiro, Luke. O vídeo alcançou os fundadores da companhia, que se solidarizaram com o caso e enviaram os produtos para Bauru, interior de São Paulo.

“Nos comovemos com a Patrícia e com o Chico. Além dos produtos, disponibilizamos para eles uma terapeuta animal para orientar a Patrícia em relação ao Chico, dando algumas dicas para que ele fique mais zen”, explica Ilan Vasserman, um dos fundadores da startup ao lado dos sócios Amit Eisler e Andreas Burmeister.

Publicidade

 

Eu acho que não existem provas suficientes contra o Chico não!

Publicado por Não Salvo em Quinta-feira, 18 de julho de 2019

Apesar de comum, esse tipo de comportamento requer atenção por parte dos donos. Segundo a terapeuta animal Kathi Drisner, que participará da visita, o excesso de energia gera ansiedade no animal e ele pode acabar descontando nos móveis de casa. “Os cães têm necessidades básicas que precisam ser supridas no seu dia a dia, tais como alimentação, passeio, exercícios físicos e cognitivos, além de alguns instintos genéticos que eles carregam, como morder, cavar, roer e destroçar. É de nossa responsabilidade prevenir, educar, e oferecer opções para eles suprirem isso. Aplicar enriquecimento ambiental, gastar a energia e ensinar comandos e truques dão ótimos resultados”, diz.

Se for preciso deixar o animal sozinho, a especialista recomenda que ele fique num ambiente preparado para que não “desconte” sua energia em objetos que não sejam adequados. “É preciso tornar o ambiente onde seu cão vive em um lugar mais dinâmico, complexo e interativo, estimulando o seu cão a apresentar comportamentos que são naturais da espécie, elevando assim a sua qualidade de vida e bem estar animal”, finaliza Drisner.

Os colchões

O Colchão que Patrícia receberá é o mesmo enviado para o craque Marcelo, quando se lesionou durante a Copa do Mundo na Rússia, um produto premium fabricado nos Estados Unidos e, graças a sua tecnologia de compressão é embalado e comprimido, distribuído numa caixa de 1,15cm.

Já a Toca Zissou para o Chico e o Luke acabou de ser lançada no mercado pela startup e também é produzida nos Estados Unidos. Sua matéria prima e seu conceito inovador oferecem o abraço, conforto e proteção que o seu melhor amigo precisa na hora de pegar no sono.

 

Comentários