Compartilhar
Simone Lourenço, Aline Lins e Dennis Ramos

Em encontro na segunda-feira, 2, com a nova primeira dama de Osasco, Aline Soares Lins, o coordenador de políticas públicas LGBT de Osasco, Dennis Ramos, pediu que a nova gestão municipal mantenha os trabalhos da Coordenadoria da Mulher, Igualdade Racial e Diversidade Sexual.

Ele entregou à primeira dama, no gabinete do prefeito Rogério Lins (PTN), um relatório das ações desenvolvidas pela Coordenadoria entre 2013 e 2016.

A Coordenadoria foi criada por meio da Lei Municipal nº 3.931, de 10 de fevereiro de 2005, e tem como objetivos elaborar, propor e programar ações, programas e projetos de políticas públicas para mulheres e promoção da igualdade racial.

Publicidade

Desde 2014, o órgão assumiu também a implementação de Políticas públicas para diversidade Sexual.

Coordenado por Dennis Ramos, o núcleo busca contribuir com o empoderamento da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, mulheres transexuais e homens trans (LGBT), visando superação das diferenças colocadas pela sociedade no enfrentamento à discriminação e violência.

“Com o objetivo de combater a homofobia e a transfobia [o núcleo] promove campanhas, palestras e divulgação das referidas legislações e de outros marcos legais referentes ao segmento LGBT”, diz o relatório.

Plantões de Atendimento

Uma das principais ações desenvolvidas são os Plantões de Atendimento, que oferecem acolhimento e acompanhamento jurídico, psicológico e social a vítimas de discriminação, preconceito e delitos de intolerância por orientação sexual e identidade de gênero.

A iniciativa é realizada em parceria com a Comissão da Diversidade Sexual da OAB, profissionais voluntários e Defensoria Pública.

De acordo com Dennis Ramos, no encontro a primeira dama “foi muito atenciosa e demonstrou empatia, disse que irá ler o conteúdo do relatório de gestão com atenção e, no que precisarmos, está à disposição”.

Comentários

Faça seu comentário