Autoleitura deve crescer nos próximos anos

Autoleitura deve crescer nos próximos anos

0
Compartilhar

Quem mora em casa conhece bem a rotina: uma vez por mês, o leiturista da empresa de água aparece no portão atrás do relógio para anotar quanto do recurso foi consumido no período. No entanto, como já ocorre em países como Inglaterra, Austrália e Canadá, a tendência para o futuro é a autoleitura.

Publicidade

8-Lateral hidrômetro

A autoleitura pressupõe a leitura do hidrômetro pelo próprio consumidor. O funcionamento do sistema é simples: o cliente opta pela ativação da autoleitura e é informado das datas em que deverá anotar os números de consumo registrados no hidrômetro e remetê-los à concessionária – tudo pelo site da empresa. A conta chega por e-mail segundos depois do envio dos dados e pode ser paga imediatamente.

Até 2025, 22% dos hidrômetros funcionando no mundo serão do tipo. No Brasil, já existe a opção nas cidades de Mauá e Limeira, no interior paulista, em sistema instalado pela concessionária Odebrecht Ambiental.

Compartilhar


Comentários