Bolsa Aluguel em Osasco vai subir de R$ 300 para R$ 400

0
câmara osasco
Projeto foi aprovado em sessão extraordinária realizada por videoconferência / Foto: Robson Cotait

Em sessão extraordinária por videoconferência, a Câmara Municipal de Osasco aprovou o reajuste do programa Bolsa Aluguel, que atende famílias carentes, de R$ 300 para R$ 400. Enviada pela Prefeitura, a proposta foi aprovada por unanimidade, na noite desta quarta-feira (29).

publicidade

Para situações em que dois núcleos familiares morem no mesmo imóvel, o valor do benefício poderá chegar a R$ 800,00.

A ideia de reajustar o benefício partiu dos vereadores De Paula (PSDB) e Ribamar Silva (PSD), presidente da Câmara, em um projeto aprovado ano passado. A proposta original, entretanto, foi vetada pelo prefeito Rogério Lins (PODE), sob a justificativa de que iniciativas como esta devem partir do Executivo. Apesar disso, a ideia foi apoiada por Lins, que apresentou um novo projeto com as mesmas diretrizes daquele apresentado pelos parlamentares.

publicidade

De Paula destacou a importância do projeto. “Essa Lei do Bolsa Aluguel foi criada em 2015, com o valor de R$ 300,00 e até hoje, cinco anos depois, não havia sido feito um reajuste. O novo valor, de R$ 400,00, está muito mais alinhado com o que as cidades vizinhas e o governo estadual estão pagando nesse tipo de benefício”, justificou o parlamentar.

O presidente da Casa Legislativa, Ribamar Silva, decidiu convocar duas sessões extraordinárias para esta terça-feira, para que o projeto fosse votado com celeridade para atender famílias afetadas pela crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

publicidade

Comentários