Início Cidades Centro POP: moradores de rua terão acesso a cursos de qualificação em...

Centro POP: moradores de rua terão acesso a cursos de qualificação em Osasco

0
centro pop osasco
O espaço agora conta com um Centro de Inclusão de Digital (CID) / Foto: Marcelo Deck

Nesta quarta-feira (6), a Prefeitura de Osasco entregou a reforma e ampliação do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua, o Centro POP, localizado na rua Martin Afonso, 244, no Jardim Piratininga.

publicidade

Agora, o espaço também vai oferecer cursos de qualificação profissional para os seus participantes por meio do Centro de Inclusão de Digital (CID), onde serão oferecidos cursos de Informática, Logística e Portaria.

No ato de reabertura do equipamento da SAS, o prefeito Rogério Lins comentou a implantação do Centro de Inclusão Digital. “É muito bom acolher e estender a mão, mas a missão da administração pública vai além disso. Precisamos entender o motivo das pessoas estarem em situação de rua e oferecer oportunidade para que elas possam ser reinseridas na sociedade. E nós daremos sim oportunidades para aqueles que mais precisam”, afirmou o prefeito.

publicidade
centro pop osasco
Prefeito Rogério Lins durante a reabertura do Centro POP, no Piratininga / Foto: Marcelo Deck

A reforma do prédio incluiu troca de pisos, portas e janelas, pintura interna e externa, troca de telhados, revisão elétrica e hidráulica, construção de rampas de acesso e novo paisagismo. Com a ampliação, o Centro POP ganhou salas multiuso, de oficinas, de administração, de serviço social, de TV, banheiros feminino e masculino, área de lavanderia, canil, cozinha e refeitório.

O equipamento público, gerenciado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Social, tem capacidade para atender 80 pessoas por dia.

publicidade

O secretário de Assistência Social, José Carlos Vido, agradeceu os profissionais que atuam na SAS. “Sempre tivemos excelentes profissionais aqui, porém as condições do prédio não eram favoráveis. Agora temos um serviço muito melhor, com mais infraestrutura e que se torna mais acolhedor, inclusive como uma casa”, apontou.

Além do atendimento com uma equipe de técnicos da área de assistência social, o que inclui psicólogos, no Centro POP os moradores em situação de rua podem fazer higienização pessoal, bem como de suas roupas. O equipamento público também oferece alimentação.

Comentários