Gil quer priorizar população local em serviços públicos

0
Prefeito de Barueri convocou a imprensa nesta semana e rebateu acusações de membros da Coaf

Chefe do Executivo discursa na Câmara, onde entregou plano de metas para parlamentares / Foto: Eduardo Metroviche
Chefe do Executivo discursa na Câmara, onde entregou plano de metas para parlamentares / Foto: Eduardo Metroviche

publicidade

Fernando Augusto

O prefeito de Barueri quer rever o cadastro de usuários do sistema municipal de saúde e priorizar a matrícula de alunos que moram na cidade nas escolas municipais. Gil Arantes (DEM) falou sobre o assunto na terça-feira, 9, quando entregou na Câmara Municipal um plano de metas e fez balanço de 100 dias à frente da Prefeitura.

publicidade

“Encontramos casa com 2 mil cadastrados”

Na saúde, considerado o principal problema de Barueri atualmente, o prefeito disse que vai rever o cadastro dos pacientes, pois achou irregularidades. “Temos um milhão de pessoas cadastradas na área da saúde como se fossem moradores de Barueri, que tem por volta de 280 mil habitantes. Na revisão, encontramos residências que tem cadastrado naquele endereço 2 mil pessoas, numa casa de quatro cômodos”, afirmou.

publicidade

A ideia é atender os moradores de Barueri em serviços como policlínicas, farmácia municipal, realização de exames e consultas com especialistas. Serviços como atendimento de urgência nos prontos-socorros não podem ser restritos por obrigação legal.

Gil Arantes disse que a saúde é o principal desafio de sua gestão. “O primeiro passo nós estamos fazendo, que é contratar licitações para fazer mutirões, para colocar [a fila de] exames em ordem. Até clínico geral está demorando três meses, ginecologista, três, quatro meses. Isso é inadmissível”, admitiu o prefeito.

Educação
Outra área onde o prefeito disse estar preocupado com a invasão de outras cidades é a Educação. Gil foi questionado pelo Visão Oeste sobre os alunos de fora que já estudam em Barueri. Aqueles que já estão matriculados não [serão prejudicados], mas a partir da matrícula do ano que vem, vamos dar preferência, em primeiro lugar, aos alunos da nossa cidade”, disse.

Prefeito entrega metas a vereadores

Em visita ao Legislativo, Gil Arantes entregou ao presidente da Casa, vereador Chico Vilela (PTB) um plano de metas que inclui projetos em várias áreas. “Isso é uma garantia de que não estávamos brincando com o plano de governo que apresentamos”, disse o prefeito.

Na saúde, a meta é descentralizar o atendimento, criando mais unidades nos bairros. Estão previstas quatro novas policlínicas, inclusive uma já neste semestre, no Engenho Novo. De acordo com o prefeito, a farmácia municipal que funciona 24 horas já tem 480 dos 500 medicamentos previstos. “Recebemos uma farmácia municipal sem um remédio na prateleira”, criticou.

Ao fazer um balanço dos 100 dias de governo, Gil Arantes disse acreditar estar sendo bem avaliado. “A gente percebe que a população já sentiu diferença dessa administração e, por outro lado, está demonstrando paciência necessária com a área da saúde”.

 

Comentários