Itapevi recolhe 80 toneladas de lixo em mutirão contra a dengue
Segundo mutirão aconteceu no bairro Vila Santa Rita e reuniu cerca de 100 trabalhadores, entre agentes de saúde e profissionais de limpeza

publicidade

A Prefeitura de Itapevi realizou neste sábado,28, o segundo mutirão de combate à dengue, desta vez no bairro Vila Santa Rita. Cerca de 100 trabalhadores, entre agentes de saúde e profissionais de limpeza, participaram da ação.

Ao todo, as equipes recolheram 80 toneladas de entulhos no bairro. Por conta do volume de lixo acima do previsto encontrado nas ruas, o trabalho será finalizado nesta segunda-feira, 30.

publicidade

Na operação, estão sendo utilizados caminhões de lixo, Cata-Bagulho e uma máquina retroescavadeira. O trabalho é uma parceria das secretarias de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Saúde e Bem Estar e Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente.

No próximo sábado, 4, o mutirão acontecerá nas ruas do Jardim Santa Rita, com o reforço do Exército Brasileiro. O apoio foi solicitado Prefeitura na terça, 24, ao 20º GACL (Grupo de Artilharia de Campanha Leve), que disponibilizará 20 oficiais para ajudar a conscientizar a população.

publicidade

“Com esse reforço, vamos conseguir dar mais segurança à população e reduzir ainda mais a presença do mosquito na nossa cidade”, afirmou Igor.

Enfrentando o mosquito

Este foi o segundo mutirão de combate ao mosquito Aedes Aegypti realizado pela administração municipal neste ano. O primeiro foi realizada no sábado passado, 21, também na Vila Santa Rita, quando foram coletadas cerca de 60 toneladas de materiais.

Desde o início do ano, a campanha contra o Aedes Aegypti já visitou quase 5 mil casas de diversos bairros da cidade; outros 221 criadouros do mosquito foram bloqueados. No período, Itapevi registrou 11 notificações de suspeita de dengue – cinco foram descartados e seis estão em investigação.

Não houve registro de casos zika ou chikungunya, segundo a Secretaria de Saúde.

As ações da Prefeitura contra o mosquito serão realizadas nos bairros de Itapevi até abril, período em que a incidência do mosquito aumenta em todo o país.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui