Levantamento Ibope encomendado pelo PTN mostra Igor na frente

0

Após a polêmica pesquisa que apontava larga vantagem de Ruth Banholzer (PTB) na frente de Igor Soares (PTN) nas intenções de voto à prefeitura de Itapevi, que chegou a ser barrada pela Justiça, o PTN apresentou nesta quinta, 11, os resultados de um levantamento feito pelo Ibope a pedido do partido. A nova pesquisa mostra Igor na liderança, com 47% das intenções de voto, ante 33% de Dra. Ruth.

publicidade

grafico (Custom)

Na sequência aparecem Alex da Mata (PSOL) e Alex Deive (Rede) com 3% e 1%, respectivamente. Dos entrevistados, 12% declararam intenção de votar em branco ou anular o voto e 4% não sabem ou preferiram não responder. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos.

publicidade

“Temos um cenário bastante definido de polarização entre dois grupos políticos. Vemos também uma vantagem considerável de Igor Soares”, disse Hélio Gaspaldi, Diretor Executivo da área de Opinião Pública Política e Comunicação do Ibope.

O Ibope também perguntou em quais dos candidatos os entrevistados não votariam de jeito nenhum. São 38% os que citam Dra. Ruth; 37% citam Alex Deive; 36% afirmam que não votariam de jeito nenhum em Alex da Mata, enquanto Igor Soares é mencionado por 18%. Aqueles que declaram que poderiam votar em todos são 3% e os que não sabem ou não opinaram totalizam 14%. Nesta pergunta os entrevistados podem mencionar mais de um pré-candidato.

publicidade

Rejeição
O Ibope também perguntou em quais dos candidatos os entrevistados não votariam de jeito nenhum. Nesta pergunta os entrevistados puderam mencionar mais de um pré-candidato. De acordo com o levantamento, 38% dos entrevistados citam Dra. Ruth; 37% mencionam Alex Deive; 36% afirmam que não votariam de jeito nenhum em Alex da Mata, enquanto Igor Soares é mencionado por 18%.

Aqueles que declaram que poderiam votar em todos são 3% e os que não sabem ou não opinaram totalizam 14%.
A pesquisa Ibope, contratada pelo Diretório Nacional do PTN, foi registrada no TSE sob o protocolo SP 01133/2016. Foram entrevistados 504 eleitores entre os dias 6 e 9 de agosto.

Comentários