Mesmo sem rodeio, ativistas protestam

1

Leandro Conceição

publicidade

Um grupo de ativistas de defesa dos animais realiza um protesto na manhã desta sexta-feira, 20, na região central de Osasco, contra o Festival Sertanejo que será realizado na cidade em outubro e terá provas com animais. Até a tarde desta quinta-feira, 19, cerca de 200 pessoas haviam confirmado presença no ato, convocado pela internet.

Além disso, o grupo fez uma petição online contra a suposta “exploração animal” no evento. Para o ativista Leandro Ferro, o festival “vai expor os animais a uma série de riscos de se machucarem”.
Segundo a organização, o evento só terá as provas três tambores, atrelagem e hipismo rural, todas a cavalo. “Não é rodeio, é um festival sertanejo com provas funcionais”, argumenta Marcos Pacheco, um dos organizadores.

publicidade

Os ativistas defendem que as provas com animais no festival vão contra lei municipal de 2006. No entanto, a legislação não prevê, de fato, a proibição de eventos do tipo. A lei proíbe “em atividades de competição ou exibição de montaria ou rodeios, de qualquer prática que implique dor ou desconforto aos animais, com o objetivo de os fazer correr ou pular”.

Sedém
O equipamento mais polêmico é o sedém, cinta utilizada nos rodeios que, passada na altura da virilha, faz com que o animal pule mais, dificultando a permanência do peão sobre seu lombo.
O material não será utilizado no festival, diz o organizador. “A discussão que existe é em cima do sedém, que não utilizamos. O resto das atividades é permitido por lei”, afirma Marcos Pacheco. O ativista Leandro Ferro discorda: “Não é só o sedém, as outras provas também maltratam”.

publicidade

Organizador diz que não há maus-tratos; ativistas vão acionar a Justiça

De acordo com o organizador do evento, Ferro tenta “se promover” com o protesto contra o festival. O ativista rebate: “quem quer se promover são eles, às custas da exploração animal. Eles já iriam lucrar bastante com os shows, não precisava ter exploração”.
Pacheco afirma que as provas com animais são uma manifestação cultural e que “os animais são bem tratados e temos todas as autorizações necessárias para a realização do evento”. Já os ativistas dizem que vão acionar o Ministério Público contra o uso de animais no evento.
O festival será realizado no estádio da Vila Yolanda entre 11 e 20 de outubro e terá shows com nomes como Naldo, Jorge & Matheus, Paula Fernandes, Gusttavo Lima e Munhoz & Mariano.

As provas

Três tambores: a prova consiste em contornar, a cavalo, três tambores colocados de forma triangular, a pelo menos 30 metros um do outro, em menor espaço de tempo possível
Atrelagem: Uma espécie de charrete, puxada por um, dois ou quatro cavalos, participa de provas de adestramento, maratona e corrida de obstáculo.
Hipismo rural: compõe-se de um conjunto de provas incluindo competições de resistência e picadeiro

Comentários