Início Cidades Operação da Polícia Federal investiga clonagem de veículos em Osasco

Operação da Polícia Federal investiga clonagem de veículos em Osasco

0
polícia federal
Operação "Fiat Lux" investiga clonagem de veículos do Exército, entre outros crimes contra o sistema veicular no país / Foto: Divulgação/Governo Federal

Na manhã desta quinta-feira (24), a Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) cumpriram mandados de busca e apreensão em uma agência de veículos em Osasco, em uma operação que investiga a clonagem de veículos, entre outros crimes contra o sistema veicular.

publicidade

A operação que recebeu o nome de “Fiat Lux” acontece simultaneamente em 11 estados, sendo eles: São Paulo, Minas Gerais, Tocantins, Pará, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraíba, Ceará, Paraná, Pernambuco e Maranhão. Mais de 400 policiais federais e rodoviários cumprem 82 mandados de busca e apreensão e seis mandos de prisão durante esta quinta-feira (24).

Até o momento, a Operação “Fiat Lux” já identificou 10 mil adulterações em todo o sistema veicular brasileiro, de acordo com o G1. Entre eles, mais de 3,3 mil veículos do Exército. O prejuízo causado com os crimes somam mais de R$ 500 milhões.

publicidade

Segundo as investigações, que começaram no final de 2020, a quadrilha clonava chassis de veículos do Exército para conseguir documentos legítimos e assim legalizar veículos roubados. A PF apurou a participação de servidores do Detran e despachantes no esquema.

O inquérito policial foi instaurado após a polícia detectar a clonagem de veículos do Exército. Segundo a polícia, os indivíduos também criavam veículos fictícios Sistema Federal da Secretaria Nacional de Trânsito, o que permitia gerar participação em falsos consórcios e financiamentos.

publicidade

Os suspeitos devem responder pelos crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa, financiamento fraudulento e inserção de dados falsos.

RÚSSIA E UCRÂNIA// Prefeitos de Osasco, Carapicuíba e Itapevi se manifestam sobre conflito

Comentários