Compartilhar
Pedido do prefeito ao governador foi feito durante assinatura de convênio no Palácio do Bandeirantes

Esta semana foi a vez de o prefeito de Osasco, Rogério Lins (PTN), solicitar ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), a implantação de um Ambulatório Médico de Especialidades (AME) em Osasco.

A mesma reivindicação já havia sido feita pelos vereadores osasquenses, por meio de ofício pelos 21 parlamentares e entregue por Renato Bonin (PR) e Jair Assaf (PROS) ao deputado estadual Celso Giglio (PSDB) para ser repassado a Alckmin.

Convênio

O pedido de Lins foi feito durante a assinatura de um convênio para o repasse de R$ 400 mil do governo do estado para a Saúde em Osasco, na terça-feira, 11, no Palácio dos Bandeirantes. Os recursos são decorrentes de emenda de Giglio.

Publicidade

“Aproveitamos a oportunidade discutirmos a implantação de um AME (Ambulatório Médico de Especialidades) em Osasco, assim como a ampliação dos atendimentos do Hospital Regional para nossa população”, declarou o prefeito de Osasco.

AME

De acordo com o governo do estado, com a proposta de agilizar o diagnóstico e o tratamento dos pacientes, desafogando os hospitais gerais que podem se dedicar ao atendimento de urgências e emergências e a realização de cirurgias mais complexas, os AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) são unidades que oferecem consultas com especialistas, exames e, em algumas unidades, pequenas cirurgias em um só local.

Na região, há AMEs em Carapicuíba e Itapevi.

Comentários

Faça seu comentário