Taxistas querem regulamentação do Uber com limitação de veículos

0
Taxistas dizem que faturamento caiu cerca de 80%, depois do Uber / Foto: Leandro Conceição

Como promessa de campanha, o prefeito de Osasco Rogério Lins (PTN) iniciou as conversas para regulamentação do Uber na cidade no dia 20. Desta vez, os taxistas também querem a regularização do serviço, mas com limitação do número de veículos. Atualmente, a frota de táxi conta com aproximadamente 500 veículos.

publicidade

De acordo com o taxista Luiz Soares da Silva, 75, morador da Cidade das Flores, o número de Uber que circula na cidade é muito grande e isso tem prejudicado a renda. “O faturamento caiu cerca de 80% e eles pegam passageiros bem perto do nosso ponto. Eu sou a favor da regulamentação, desde que seja uma quantidade de carros que a cidade comporta. Hoje está tirando o serviço dos taxistas”, destacou.

Segundo o taxista Danilo Pereira, 32, uma das pautas defendidas é a especificação dos carros e a diminuição das taxas para taxistas. “Vêm veículos de todos os lugares, que param em qualquer lugar e oferecem risco aos passageiros. Nós queremos que os carros da Uber, sejam com placas de Osasco”, disse.

publicidade

Sobre o valor das tarifas cobradas aos passageiros, Pereira disse que os taxistas seguem o que está previsto em lei com o uso do taxímetro. “Não conseguimos diminuir o valor da corrida, mas o que a maioria é está fazendo, é abrir mão da taxa de municípios que é cobrada em viagens de uma cidade a outra”, explicou.

 

publicidade

 

 

Comentários