92 mil unidades de produtos piratas são destruídas em Osasco

0
pirataria
Entre os produtos destruídos estão CD, DVDs e CDR de jogos eletrônicos / Foto: Leandro Palmeira

pirataria
Entre os produtos destruídos estão CD, DVDs e CDR de jogos eletrônicos / Foto: Leandro Palmeira

publicidade

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Segurança e Controle Urbano (Secontru), utilizou um rolo compactador para esmagar 92 mil unidades de produtos piratas.

A operação ocorreu na quinta-feira, 28 de fevereiro, no estacionamento do antigo Mercado Municipal da Vila Pestana e foi acompanhada pelo prefeito Jorge Lapas.

publicidade

A ação também contou com a presença do secretário titular da pasta, André Santiago, do capitão da 3º Companhia do 14ª Batalhão, Keida e do comandante da GCM Paulo Siqueira.

Os produtos destruídos são resultados de operações de combate à pirataria realizadas nos últimos dois meses em avenidas e ruas de várias regiões da cidade pelas polícias Civil e Militar, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM) e da fiscalização da Secontru.

publicidade

As mercadorias apreendidas não possuem procedência e são comercializadas de forma ilegal. Entre os produtos destruídos estão CD, DVDs e CDR de jogos eletrônicos.

Segundo o prefeito Jorge Lapas, as ações de fiscalização contra irregularidades continuam por toda a cidade.

“Elas fazem parte da nossa política de ‘tolerância zero’ com tudo que há de errado, incluindo os estabelecimentos, como casas noturnas, que funcionam sem alvará e despejos de entulhos. Isso não vai parar, as fiscalizações serão crescentes”, afirmou o prefeito.

Já o secretário André Santiago falou sobre como funciona o processo de apreensão. “Quando esse tipo de material é flagrado, o proprietário tem três dias para comprovar a procedência. Se não tiver nota fiscal, ele passa a ser considerado produto pirata e vai para destruição”, explicou.

Comentários