23 construções que eram utilizadas pelos comerciantes foram demolidas por estarem em local com risco de acidentes e em área de preservação

Após um longo processo de entendimentos entre a Prefeitura de Itapevi, o Ministério Público e os comerciantes, as edificações irregulares instaladas ao lado da praça Fioravanti Belli (Rotatória da Cohab) foram demolidas dia 22. A intervenção é parte do processo de revitalização da praça e das obras de canalização do rio Barueri-Mirim.

publicidade

Com a retirada das construções, a prefeitura completará mais uma etapa do projeto de macrodrenagem, com a canalização de trecho do rio Barueri-Mirim.

Após esta obra, deverão ser realizados os serviços de ampliação das faixas de trânsito nos entornos da praça, contribuindo para melhoria na circulação de veículos na região.

publicidade

A ação foi elogiada por moradores. “Era um espaço mal estruturado que deixava a cidade com um aspecto negativo. Além disso, prejudicava o trânsito para quem vai pra região Santa Rita. Com a demolição, vai abrir mais o espaço, melhorando a circulação”, avaliou Celina Caetana da Silva, que vive há 12 anos na Vila Gióia e circula diariamente pela região.

Ao todo, 23 construções que eram utilizadas pelos comerciantes foram demolidas pela Prefeitura, por estarem em local com risco de acidentes e em área de preservação.

publicidade
Novo centro comercial 

Os empreendimentos foram alocados em um novo centro comercial construído na avenida Feres Nacif Chaluppe, em parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada.

O espaço é composto por lojas de serviços, alimentos, moto-peças, vestuário e bares, que agora estão em local adequado e sob as normas de segurança, segundo a prefeitura.

Além da revitalização da praça Fioravanti Belli, a prefeitura de Itapevi executou o alargamento de calçadas e recuperação das avenidas Cezário de Abreu e Rubens Caramez, bem como a construção do novo Terminal Municipal de Ônibus.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui