Barueri desmente fechamento do comércio; empresários da cidade emitem alerta contra a covid-19

0
barueri
Divulgação

A Prefeitura de Barueri emitiu um comunicado para desmentir os boatos sobre um novo fechamento do comércio em decorrência da pandemia de covid-19, conforme notícias falsas que têm circulado nas redes sociais. “O funcionamento de comércios e serviços continua seguindo os critérios estipulados pelo Plano SP e não houve mudança de fase para Barueri”, afirma a administração municipal.

publicidade

A fake news sobre o fechamento do comércio cita o decreto sobre a prorrogação da quarentena na cidade, publicado dia 16. No entanto, o documento não estabelece nenhuma mudança com relação às regras que vinham valendo, com o município na fase Verde, a mais branda, do Plano São Paulo de retomada econômica, do governo do estado.

“Como a pandemia ainda não acabou, o Decreto prorroga a quarentena e estende a suspensão de serviços municipais não essenciais até 16 de dezembro, como vem acontecendo desde março. O funcionamento de comércios e serviços continua seguindo os critérios estipulados pelo Plano SP e não houve mudança de fase para Barueri”, esclarece a administração municipal no comunicado.

publicidade

“A Prefeitura de Barueri alerta para o cuidado com publicações mal intencionadas que induzem à desinformação e recomenda que sejam sempre consultados seus canais oficiais ou veículos de comunicação com credibilidade”, completa.

Alerta geral

A Associação Comercial e Industrial de Barueri (Acib) emitiu um Alerta Geral sobre os riscos do relaxamento das medidas de combate à covid-19, cujos casos têm voltado a aumentar em todo o país. “A flexibilização das regras de controle do coronavírus trouxeram à população a falsa sensação de que a pandemia estava controlada e, assim, uma parte dela começou a relaxar nas medidas de prevenção indicadas: uso de máscaras, álcool gel, evitar festas, aglomerações etc.”.

publicidade

“Clamamos pela conscientização de todos para não descuidarem com a adoção de medidas de prevenção, pois assim não haverá retrocesso no atual estágio de flexibilização”, completa o comunicado da Associação Comercial e Industrial de Barueri.

alerta acib barueri
Reprodução

Comentários