Fala Corneta! Calendário faz seleção atrapalhar os clubes

0
O craque Robinho é um dos que vai fazer falta no Brasileirão / Foto: Ivan Storti/Santos FC

O craque Robinho é um dos que vai fazer falta no Brasileirão / Foto: Ivan Storti/Santos FC
O craque Robinho é um dos que vai fazer falta no Brasileirão / Foto: Ivan Storti/Santos FC

publicidade

Pelamor, viu! Só com este calendário tosco da CBF para a torcida achar ruim que os destaques do seu time sejam convocados para a seleção. Aff!
Isso porque o Campeonato Brasileiro começa às vésperas da Copa América e os poucos jogadores que atuam no Brasil que estão em boa fase para vestir a amarelinha na competição vão desfalcar os clubes por sete rodadas.

Foram convocados pelo técnico Dunga para a Copa América, que será disputada entre 11 de junho e 4 de julho, no Chile, Elias, do Corinthians, Robinho, do Santos, e os goleiros Jefferson, do Botafogo, e Marcelo Grohe, do Grêmio. Desfalques importantíssimos, afinal, são jogadores decisivos, que fazem a diferença nos jogos, em uma busca por pontos que podem fazer falta lá na frente.
Além disso, tem os estrangeiros que atuam aqui e são cotados para ser chamados a representar seus países, como os uruguaios Martín Silva, goleiro do Vasco, e De Arrascaeta, meia do Cruzeiro, e o atacante peruano Guerrero, do Corinthians, entre outros.

publicidade

Aí eu te pergunto, como diz Marcelo Rezende em seu programa sensacionalista: não sabiam que teríamos Copa América este ano? E que ela poderia gerar desfalques importantes aos clubes? Se sabem, por que permitem isso? Por que não fazem os arrastados estaduais com fórmulas mais interessantes e menos jogos, para abrir espaço para que o Brasileirão não tenha rodadas quando houver jogos da seleção?

Parece que os dirigentes brasileiros não estão nem aí para o Campeonato Brasileiro… só isso para justificar mais esta grave falha do nosso futebol, um calendário que pune os clubes que têm jogadores de destaque, fazendo-os jogar uma série de jogos inúteis contra times fraquíssimos nos estaduais e deixando-os sem seus poucos destaques no principal campeonato do país. Tá certo o Emerson Sheik, que disse em alto e bom som: “CBF, você é uma vergonha! Ver-go-nha!”.

publicidade

Comentários