Coronavírus: Prefeitura de Barueri cancela eventos em comemoração ao aniversário da cidade | VÍDEO

0
barueri furlan cororavírus
Prefeito Rubens Furlan falou sobre ações contra a doença em Barueri em transmissão no Facebook

Em transmissão de vídeo ao vivo no Facebook na tarde desta quinta-feira (12) – assista abaixo -, o prefeito de Barueri, Rubens Furlan (PSDB), falou sobre ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19) no município. Entre eles, o cancelamento de eventos como os de comemoração pelo aniversário da cidade (26 de março).

publicidade

A programação incluía atividades como apresentações musicais e evento de oração pela cidade. “Temos que ter a precaução de cancelar as aglomerações”, disse.

“De pronto, as providências [contra o novo coronavírus] são as seguintes: suspender todas as atividades referentes ao aniversário da nossa cidade, que faz aniversário dia 26 de março”, afirmou o prefeito. “Tínhamos uma programação cultural, religiosa, lançamento disso, daquilo, e nós decidimos cancelar tudo para que não haja aglomeração”, completou Furlan.

publicidade

“Em outro momento nós comemoramos. Neste momento, é prudência”, declarou o prefeito de Barueri. “Nós não podemos ser imprudentes. Temos que acompanhar toda a orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS), das autoridades”.

De acordo com a administração municipal, a cidade não tem nenhum caso confirmado do novo coronavírus e há 12 suspeitas sendo monitoradas. O Hospital Municipal da Saúde tem reservadas 20 vagas de internação para possíveis casos confirmados de coronavírus.

publicidade

Aulas na rede municipal estão mantidas

As aulas na rede municipal de ensino estão mantidas, pelo menos por enquanto. Furlan explicou a diferença entre cancelar eventos abertos ao público em geral e as atividades nas escolas.

“Na escola, as crianças são conhecidas dos professores, dos monitores. Aglomeração, eventos de ml, duas mil, cinco mil pessoas, vem gente de todo lugar, a gente não sabe se, entre eles, há gente de algum lugar com outras pessoas contaminadas”, explicou.

Comentários